#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » Panorama Carioca: Redução do valor do ingresso praticamente dobra público do Cariocão, diz FERJ



Ilustração: Agência FERJ

Depois de muita polêmica sobre o valor dos ingressos, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro emitiu nota na última quarta-feira (04) onde apresenta comparativo do público presente nas oito primeiras rodadas do Carioca de 2014 e 2015.

Um gráfico (foto acima) foi elaborado a fim de comparar o aumento de público pagante no campeonato. Em 2015, após oito rodadas, aproximadamente 276 mil torcedores pagaram ingressos. Já no ano passado, nessa mesma altura do torneio, pouco mais de 149 mil pessoas embolsaram para ver os jogos do estadual do Rio. Aumento de 85% neste ano.

O volume superior de torcedores pagantes se deve a redução do valor do ingresso na atual temporada. As entradas deste ano variam de R$ 5,00 a 30,00. Em 2014, o torcedor precisava embolsar pelo menor ingresso o valor de R$ 30,00 para assistir os jogos dos times grandes contra os pequenos.

Com quase o dobro de torcedores no estádio, a FERJ comemorou a ação tomada pelo conselho arbitral realizado em janeiro deste ano. A dupla Fla-Flu bateu de frente com a entidade, já que não aceitaram a derrota em pleito. Apesar da marca superior, o presidente Rubens Lopes tem ciência que o número é distante do que considera ideal e que classifique o torneio como um sucesso de bilheteria.

Vale lembrar que a Federação leva 10% do borderô de cada partida do Campeonato Carioca, fator previsto em regulamento.

Clássico “Vovô”

Amanhã, Fluminense e Botafogo se enfrentam no Maracanã às 18h30min. O duelo marca as distintas projeções traçadas para as duas equipes no início da temporada.

E quem apostaria que o Botafogo despontaria na liderança após a metade dos jogos disputados na primeira fase? A fase é tão boa que a vitória sobre o Flu pode render ao Glorioso a ponta isolada da Taça Guanabara com direito a chamada “gordurinha”.

Já o tricolor deu uma derrapada preocupante no momento em que o campeonato começa a ganhar tons decisivos. A vitória contra o Resende veio na bacia das almas, quando o placar sem gols se fazia justo. Curioso é a resistência do técnico Cristóvão em não investir na titularidade de Walter. Sem concorrência de Sóbis e Cícero, o atacante merecia uma oportunidade. Pesa contra o jogador sua forma física e alguns desentendimentos internos.

Aos que admiram um campeonato mais acirrado, a vitória do Fluminense no clássico seria mais interessante – já que o Fla venceu a Friburguense hoje e o Vasco tem ótimas chances hoje a tarde contra o Bonsucesso. Embolaria geral! Mas, não duvidem do poder alvinegro que em oito duelos só não possui 100% de aproveitamento graças ao “apito amigo”. Uma mostra clara e transparente de que esta equipe começa bem sua meta-2015: conjugar superação jogo após jogo.

A volta do guerreiro

Gum voltou a treinar com bola esta semana. O zagueiro se recupera de uma torção no tornozelo esquerdo ocorrida no fim de 2014 e de uma apendicite diagnosticada no mês passado. Apesar do bom ritmo demonstrado no campo das Laranjeiras, ele não voltará no clássico de amanhã contra o Bota. Previsão de retorno no próximo fim de semana contra o Macaé.

Léo merecia mais

Emocionante a despedida de Léo Moura na última quarta-feira. A sequência de choros sinceros do jogador desde a última coletiva na terça-feira (03) até a substituição no início do segundo tempo no amistoso contra o Nacional (URU) mostrou nitidamente que o lateral-ídolo queria mais.

Eduardo Bandeira de Mello pode até convencer-se de que a curtíssima proposta oferecida foi boa para o clube e jogador. Quem acompanhou a novela sabe que Léo fez o possível e até o imponderável – como o episódio dos parentes que criticaram as propostas do Fla nas mídias sociais – com intuito de permanecer.

Afinal, oferecer três meses de trabalho a quem se doou por 10 anos de é pouco. Convite contratual em tom de recibo de despedida.
Foto Zico e Léo: Arquivo
Dagoberto magoado

O atacante Dagoberto foi apresentado esta semana em S. Januário. Já na primeira entrevista foi questionado pelo não aproveitamento no Cruzeiro, atual campeão brasileiro: “tem que perguntar a ele”, disse referindo-se a Marcelo Oliveira, técnico da Raposa.

Quem trabalha com “Dagol” conhece seu tom ríspido, principalmente quando perde a titularidade.

Invictos de 2015

Na lista dos 15 clubes brasileiros invictos em 2015, três times do Rio seguem firme: Botafogo, Vasco e Volta Redonda.

Cronistas do Rio

Na última quinta-feira, 5 de março, comemorou-se o dia do Cronista Esportivo no estado do Rio de Janeiro. A data marca o aniversário de ACERJ que em 2015 completa 98 anos.

PERGUNTA A CONFERIR

Volta Redonda e/ou Madureira, bem no Carioca, conseguirão surpreender e fazer um bom trabalho na série D e C, respectivamente?

Eduardo Moura é jornalista e escreve todos os sábados para a Rede Contínua. E-mails para coluna: edubmoura01@gmail.com



«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply