#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » Vai sem mágoa, Mago!

Ei, Valdívia, vamos conversar por um minutinho? Eu sei que você anda muito ocupado tratando dessa sua lesão crônica na coxa esquerda, mas eu prometo que nosso papo vai ser rápido e eu não vou atrasar ainda mais a sua eterna recuperação. O papo é o seguinte, Mago... Posso te chamar de Mago, né? É o seguinte, Mago, vou direto ao ponto. Está na hora de alguém te falar umas verdades, e, ao que parece, nem o Oswaldo nem o Paulo vão ter essa coragem. O Alexandre quase falou e você ficou “bravinho” com ele. Mas eu não estou nem aí e te falo: Chegou a hora de você sair do Palmeiras, Valdívia.

Não fica bravo comigo, Mago. Eu não tenho culpa. Nem você. Eu sei que você não se machuca de propósito. Mas o Palmeiras não pode mais ser refém dos seus músculos de vidro. É uma pena, mas chegou a hora de você mudar de ares pra sua carreira voltar a deslanchar. Essa sua ausência no meio-campo já não é mais tão sentida assim. Onde foi que você errou, Mago? Você é craque de bola. Craque com “C” maiúsculo. E não conseguiu ser um décimo do ídolo que você poderia ter sido. O torcedor palmeirense já está de “saco cheio” de te esperar em campo e nunca te ver jogando.

Agora o Palmeiras está em outro momento Valdívia. Já são mais de cem mil sócios torcedores, os patrocínios são milionários, uma arena lindíssima para se usufruir. E cadê você nesse cenário? O Oswaldo tá montando o time. O Gabriel Jesus já está jogando. E cadê você pra meter bola pra ele? O pior Valdívia, é que quando você aparece é para entrar em polêmica com o diretor, que apenas disse que você não é maior do que a Instituição. Tenha a santa-paciência, Mago!

Eu sei que você vai correr pro seu twitter pra me xingar. Pelo menos o seu histórico com o Tiago Leifert e com o PVC mostram isso. Essa sua estratégia é velha. Mas não faça mais isso. Você tem muitos fãs que não merecem ler as suas besteiras escritas na rede social. Saiba que uma boa parte da torcida palmeirense ainda te idolatra. Eu que não sou palmeirense e sou seu fã, Mago. Eu queria que você vestisse a camisa 10 do meu time. Mas no Palmeiras você não pode mais ficar, Mago. Já deu.

Vai ser triste a despedida? Com certeza. Foram 5 anos! Os palmeirenses vão recordar dos títulos de 2008 e 2012, dos chutes no vácuo, dos passes precisos, do chororô contra o São Paulo e principalmente dos dois jogos no ano passado, onde você jogou contundido, para não deixar o Palmeiras na mão, no ano do centenário. Mas vou te lembrar, Mago, essa contusão maldita que vem te prejudicando há meses só surgiu depois de dois amistosos que você disputou com a seleção chilena.

Falando nisso, Mago, como você explica essa sua convocação pelo Jorge Sampaoli, sem ter jogado uma única partida nessa temporada? Seria de uma hombridade ímpar se você recusasse o chamado dele, cara. Mas eu te conheço e eu sei que você nunca faria isso. Se prepare para a cobrança do torcedor. Os palmeirenses não aceitariam ver você jogando pela seleção antes de jogar pelo Palmeiras. Conselho de amigo, Mago, abra mão da convocação, nem que machuque o seu coração.

Eu sou seu fã. Quero o seu bem porque você joga muita bola! E como eu já disse, eu nem torço pro Palmeiras. Juro por Deus que nunca tirei sarro das suas contusões, como fazem os torcedores de São Paulo e Corinthians que te achincalham dizendo que você é “chinelinho”. Quando você tá com a bola no pé, você é genial. E ponto final. Mas você sabe muito bem que craque só é craque quando está dentro de campo. E faz tempo que você deixou de ser lembrado pelo que você faz dentro da “cancha”, como dizem lá no Chile.


Faltam apenas 5 meses pro seu contrato acabar, e você tem que seguir seu rumo longe do Palmeiras. Exatamente no dia 7 de agosto você poderá mudar de vida. Pro seu bem e pro bem do Palmeiras. Faça como seu amigo Wesley, treine em separado até seu contrato expirar. Depois vá para um rival, vá para a China, vá para o Mundo Árabe, vá para onde você quiser, mas que seja bem longe do Palmeiras. Acabou o seu ciclo. Não fique com mágoa, Mago. As boas lembranças ficarão no coração do torcedor. Mas, hoje, o Palmeiras não precisa mais de você.


Victor Rodriguez é narrador e escreve às terças e sextas no portal da Rede Contínua

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply