#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » » A saída de Muricy é um bom negócio para todos

Aidar e Muricy: guerra fria




Aconteceu o inevitável. Muricy Ramalho não é mais técnico do São Paulo. A saída do treinador era iminente e o péssimo início de temporada acelerou o desligamento.

Havia um clima de fritura no ar. Muricy nunca gozou da simpatia do presidente Carlos Miguel Aidar e não contava mais com o apoio de conselheiros e nem da principal torcida organizada do clube.

Dentro de campo, o time estava cada vez pior. Sem apoio e com sérios problemas de saúde, o treinador não tinha mais energia e não conseguia mais fazer os jogadores reagirem. Não tinha como continuar.

O problema de saúde foi à desculpa perfeita. Um acordo de cavalheiros selou o destino de Muricy. O técnico está livre para cuidar de sua saúde e as portas do Morumbi estarão sempre abertas. Não é bem assim. Enquanto Aidar continuar como presidente, Muricy não volta.

A saída de Muricy é uma boa para todos. Um novo treinador, mesmo que seja o interino Milton Cruz, dará um choque no grupo e os jogadores estarão mais motivados para os decisivos jogos que virão pela frente. E Muricy poderá cuidar da sua debilitada saúde e aproveitar o tempo livre para se reciclar e quem sabe seguir os passos de Tite. 

A terceira passagem de Muricy pelo Morumbi não pode ser encarada como um fracasso, afinal, o treinador salvou o clube de um rebaixamento quase certo em 2013 e no ano passado sagrou-se vice-campeão brasileiro.

Muricy Ramalho pode não estar nos seus melhores momentos, mas seu passado vitorioso o coloca no Hall dos melhores técnicos da história do clube. E isso ninguém conseguirá apagar. Nem Carlos Miguel Aidar.


Duca Reis é jornalista e radialista e escreve todas as segundas e quintas para o Portal da Rede Contínua





«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply