#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » Panorama Carioca: A seleção do Cariocão 2015!

Arte: Eduardo Moura
Faltando uma semana de conhecermos o campeão carioca 2015, de maneira reta e direta, a seleção do Campeonato Carioca: Paulo Victor (FLA) no gol; Mádson (VAS) na lateral direita; Renan Fonseca (BOT) e Rodrigo (VAS) na defesa; Carletto (BOT) na lateral esquerda; Serginho (VAS), Márcio Araújo (FLA), Gerson (FLU) e Gabriel (FLA) formam o meio-campo. No ataque, Rodrigo Pinho (MAD) e Fred (Fluminense).
Paulo Victor é o melhor jogador da competição. O goleiro rubro-negro garantiu defesas espetaculares não só nos jogos semifinais contra o Vasco como também na primeira fase da competição. Gérson de apenas 17 anos, meio campo do Fluminense, é a revelação do campeonato. Habilidade, precisão na criação de jogadas e até faro de conclusão fizeram parte do repertório do garoto. René Simões brigou forte com Doriva pelo posto de melhor treinador, mas o título da Taça Guanabara e o resgate de um Botafogo rebaixado em 2014 pesaram mais.
Menções honrosas para Rodrigo Lindoso do Madureira, Alecssandro do Flamengo e Gilberto do Vasco. Os três perderam a vaga para Rodrigo Pinho, também do Madureira, e Fred do Fluminense. A artilharia contou na hora da escolha. Madson (VAS) na direita e Carletto (BOT) na esquerda também surpreenderam neste início de temporada.
A coluna elege a seleção do Carioca antes da finalíssima. Assim, evitamos que os “Sobrenaturais de Almeida” que teimam ano após ano participar das finais do Carioca não estiquem o dedo deste que vos escreve e cometa injustiças pelo feitiço do detalhe decisivo.

Final – parte 1
Amanhã Vasco e Botafogo fazem o primeiro duelo da finalíssima do Carioca. Sem favorito. Aos cruzmaltinos a briga direta contra o tabu: são 12 anos sem conquistar o título. Já os alvinegros, que foram vistos como azarões no início do torneio, a chance de calar os críticos e provar que um plantel com cara de série B pode fazer bonito. As duas equipes tem sérios problemas no meio-campo. Diego Jardel e Bernardo, tecnicamente superiores aos titulares, seguem no banco. O primeiro por estar em rota de colisão com René. Já o meio-campo do Vasco é o combustível extra na etapa final. Cartas à mesa, o detalhe travestido de erro tem tudo para ser o diferencial desta decisão.

Jobson
A suspensão de quatro anos pela recusa do exame antidoping quando jogava na Arábia em 2014 pode custar caro ao atacante Jobson. A diretoria alvinegra suspendeu as negociações de renovação do contrato que vai até junho deste ano.
O jogador está recebendo todo suporte do elenco do Bota. Ele já foi avisado que não joga o primeiro jogo da final. O clube tentará um efeito suspensivo durante a próxima semana, mas sabe que a chance é mínima. Diferente do STJD, a FIFA é bem mais burocrática nos seus processos.

Índio no Apito
Fred pôs em cheque a atuação do juiz Luís Antônio Silva Santos após a derrota do Fla-Flu. Ironia do destino, se o atacante não joga a final a fim de ampliar sua artilharia, Índio, como é conhecido no mundo do apito, vai. 

Luís Antônio é o arbitro de amanhã no Maracanã para o primeiro duelo entre Vasco x Botafogo.

Troféu Tupi 80 anos
Além do caneco oferecido pela Federação do Rio, Botafogo e Vasco disputam o Troféu Tupi 80 Anos. O grande Apolinho Washington Rodrigues posou com a taça que homenageia a lendária rádio de tantos serviços prestados ao futebol carioca.
Em 2014, o Flamengo conquistou a Taça Rádio Globo 70 Anos entregue pelo narrador Luís Penido, o Garotão da Galera.
Foto: Divulgação, Super Rádio Tupi

PERGUNTA A CONFERIR

O presidente rubro-negro, Eduardo Bandeira de Mello, afirmou esta semana que desta forma o Flamengo não disputa o Carioca-2016. O mandatário esqueceu que precisa vencer a eleição de novembro na Gávea para depois tomar a decisão?!
Eduardo Moura é jornalista e escreve todos os sábados para a Rede Contínua. E-mails para coluna: edubmoura01@gmail.com


«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply