#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » Entrevista coletiva na íntegra de Diego, apresentado ao Flamengo!

Diego foi apresentado em uma entrevista coletiva na sede social da Gávea na tarde desta Quarta Feira. Aqui a reprodução na íntegra do que o mais novo meia rubro-negro falou.

Chegada ao Rio de Janeiro

Quero agradecer por tudo que a Nação tem me proporcionado em poucas horas. Hoje foi um dia especial que jamais vou esquecer. Dessa recepção, dessa confiança. No dia a dia vou me esforçar ao máximo para retribuir esse carinho. Agradeço a todos do Flamengo pelo esforço e profissionalismo, aos meus familiares que sempre estiveram ao meu lado. Hoje se concretiza um sonho em minha vida e vou vivê-lo intensamente.

Recepção no aeroporto

Fiquei encantado, em alguns momentos um pouco preocupado (risos). Não aconteceu nada disso que está circulando, de roubo de carteira. Só o que aconteceu foi o calor humano, surpreendente e maravilhoso. Essa primeira impressão foi a melhor possível.

Amadurecimento

Mudou muita coisa. Hoje estou com 31 anos, passei por cinco países, grandes clubes, sou casado, pai de dois filhos. Mas a essência permanece. Evoluí, ainda tenho muito a crescer, mas aprendi muito com o tempo. Hoje me sinto mais bem preparado. Voltar ao Brasil em um clube desse impacto e dessa grandeza é tudo que eu preciso. Essa parceria tem tudo pra dar certo.

Contato anterior

Já tivemos contatos com o Flamengo. Das outras vezes o clube ao qual eu pertencia nunca esteve disposto a fazer que o negócio se concretizasse.

Saída da Turquia

A questão do golpe militar não tem nada a ver com a escolha. Vivi anos maravilhosos na Turquia e só tenho a agradecer ao povo turco. Torço para que as coisas se acalmem, mas não influenciou na minha decisão.

Flamengo

Do que eu assisti do Flamengo, que foi possível, conversa com amigos que jogam aqui, vídeos, sei que temos uma equipe bem estruturada, um treinador seguro. A possibilidade de fazer uma grande temporada é muito grande e vim aqui para isso. Com a grandeza do clube, só dá para pensar em vencer. Que eu possa somar e ajudar a equipe a seguir no caminho que está, que para mim é o certo.

Ansiedade para entrar em campo

Estou ansioso para jogar. Mas agora também tenho que lutar contra o emocional para a empolgação não passar por cima da razão. Estou há dois meses sem jogar. Me cuidei, estou bem fisicamente, mas o ritmo de jogo e os treinamentos com bola são insubstituíveis. Encaro esse desafio como um recomeço e vejo esse projeto como um garoto de 16 anos, que foi a idade que eu tinha quando cheguei ao profissional.

Condição física

Fisicamente me sinto muito bem, mas o que é fundamental para o jogador é o ritmo de jogo. Treinar com bola e outros jogadores é o que eu preciso. Ninguém consegue dizer agora em quanto tempo estarei pronto para minha estreia. Não vejo a hora de vestir a camisa mas tenho que estar 100% preparado para isso. Tenho que ir para a Turquia  fazer minha mudança e depois volto ao Rio de Janeiro em definitivo. Vou estrear quando me sentir bem independentemente do adversário.

Consultou amigos no clube

Consultei. A informação no futebol é passada rapidamente, indo atrás ou não. E toda as informações que chegaram a mim sobre o Flamengo foram positivas. Organização excelente, objetivo traçado. Conversei com amigos que tenho no time e me disseram que o clube está na direção certa. Meu nível técnico é o de sempre. Me sinto extremamente seguro e confiante com relação a isso. Agora é conhecer meus companheiros, treinador, esquema tático.

Seleção Brasileira 

A Seleção Brasileira é sempre um objetivo. Principalmente quando já se passou por ela e ganhou títulos. Mas esse não é o momento de pensar nisso. Agora é hora de pensar no Flamengo. Seleção é uma consequência de um bom futebol apresentado aqui no clube.

Referência 

São 12 anos na Europa e para se manter lá, jogar em grandes clubes e ganhar títulos de expressão, algo certo tem que se fazer. Me sinto preparado para esse desafio. Estou preparado para fazer o Flamengo vencer. Não tenho objetivo de me tornar essa grande referência, isso é criado com o tempo. E para isso preciso de vitórias e conquistas. Acaba sendo uma consequência. Estou preparado para assumir essa responsabilidade. Quem não quer ser ovacionado pela Nação? Mas em primeiro plano está conquistar títulos e com isso vir o reconhecimento.

Auge

Chegar ao auge não depende só do jogador. Depende da equipe, esquema tático, um casamento perfeito. Tive um bom rendimento no Fenerbahçe, poderia individualmente ter atingido um nível mais alto, mas muitas coisas influenciam nisso. No Flamengo tem tudo pra dar certo e se depender de mim vai acontecer.

No Fla, o bom é muito bom e o ruim é muito ruim

Não é a primeira vez que sinto essa pressão, mas é claro que o Flamengo é um clube especial e essa Nação é especial. Estou preparadíssmo e não podia ter um melhor momento na minha vida para isso acontecer.

Papo com o amigo Robinho

Conversa foi boa. Robinho extremamente divertido como sempre (risos). Um grande amigo que tenho no futebol. Não será a primeira vez que a gente se enfrenta (Flamengo x Santos pelo Brasileirão). Mas é sempre uma sensação especial.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

2 comentários:

  1. Como é que é?!?!?! Ele acha que o Robinho joga no Santos?#?!?! Ou ele não falou com o Robinho....

    ResponderExcluir
  2. Como é que é?!?!?! Ele acha que o Robinho joga no Santos?#?!?! Ou ele não falou com o Robinho....

    ResponderExcluir