#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » Noite histórica para o papão do Equador!


Era noite de Libertadores. O poderoso Boca Juniors recebeu a surpresa com nome de suco, o Independente Del Valle que já havia eliminado o seu rival River Plate em uma fase anterior. A semifinal de Libertadores atraiu as atenções dos amantes do futebol conforme o tempo passava e o placar assinalava que se não se cuidasse o Boca iria levar uma goleada histórica em casa.
O primeiro tempo foi eletrizante em La Bombonera. O Boca começou melhor, pressionando e não demorou a abrir o placar.

Aos 4 minutos, a zaga do Del Valle saiu jogando errado na ponta direita e Fabra roubou a bola e cruzou rasteiro na área, como uma ave saindo do ninho Pavón apareceu no segundo poste para completar para o fundo da rede, abrindo o placar do jogo.
Aos 25 minutos, após a cobrança de escanteio na ponta esquerda, a zaga do time argentino bateu cabeça, deixando a bola nos pés de Caicedo. Sozinho e de frente para o gol, o zagueiro encheu o pé e empatou o jogo para o Del Valle. 
Já estamos no segundo tempo e aos 4 minutos, Sornoza roubou a bola no meio de campo, avançou em contra ataque e rolou para Cabezas. O meia invadiu a área e tocou na saída do goleiro para virar o jogo para o Del Valle, e aí virou passeio, pois dois minutos depois, Orión saiu jogando errado ao tentar o passe lateral fora da área e deu a menina para Julio Angulo. O atacante roubou a bola, passou pelo goleiro e tocou para o gol para marcar o terceiro. Mas o Boca tentou reagir e após Mina colocar a mão na bola na área, Lodeiro teve a oportunidade de diminuir o placar, mas acabou batendo a penalidade mal, mal, mal e viu Azcona defender a cobrança. E quando a Inês já era morta, nos acréscimos, Pavón acertou lindo chute de fora da área e marcou o segundo do Boca no jogo.
De nada adiantou, apenas colocar na agenda que o Indepiendente Del Valle entra em campo para o primeiro jogo da decisão da Copa Libertadores na próxima quarta-feira (20) quando enfrenta o Atlético Nacional em casa. O papão do Equador chegou a final e assim como o papão da curuzu, o nosso Paysandu, calou La Bombonera. Silêncio de La 12 e indefinição de futuro para Tévez.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply