#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » O Mundial do Palmeiras em números

No dia em que se completam 65 anos da partida final contra a Juventus muito se tem discutido sobre o Palmeiras ter ou não um Mundial de Clubes. A equipe vai atuar o domingo contra o Atlético-MG com uma camisa comemorativa sobre a data, mas é preciso buscar se conhecer quais foram os jogos que intitulam verídica a conquista do mundial de clubes em 1951. Aconteceram dois jogos, o Palmeiras enfrentou a Juventus de Turim e obteve uma vitória e um empate. Participaram ainda do torneio o Estrela Vermelha (da antiga Iugoslávia, atualmente Sérvia), o Áustria Viena (da Áustria), o Nacional (do Uruguai), o Nice (da França), o Sporting (de Portugal) e o Vasco, campeão carioca de 1950.

A vitória do Palmeiras sobre a Juventus na tarde do dia 22 de julho de 1951 não é suficiente para que a conquista não seja frequentemente questionada por torcedores rivais, porém afirma a diretoria do Palmeiras que tanto a Confederação Brasileira de Desportos quanto a entidade máxima do futebol consideraram à época o embate continental como um verdadeiro encontro entre os mais qualificados times do planeta. O então presidente da FIFA, o francês Jules Rimet, idealizador da primeira Copa do Mundo, nomeou oficialmente o italiano Ottorino Barassi para o comitê organizador da Copa Rio de 51.

Foram entre  os dias 30 de junho e 22 de julho, com jogos em São Paulo, no Estádio do Pacaembu, e no Rio de Janeiro, no Estádio do Maracana que tudo aconteceu. Na primeira fase, as oito agremiações foram dispostas em duas chaves de quatro equipes, uma sediada na capital paulista (formada por Estrela Vermelha, Juventus, Nice e Palmeiras) e outra na carioca (composta por Áustria Viena, Nacional, Sporting e Vasco). Os times enfrentaram-se em turno único dentro de seus respectivos grupos, sendo que os dois mais bem colocados avançaram às semifinais, que, assim como as finais, foram disputadas em dois jogos.
Seguem abaixo os jogos do Palmeiras:

30/06/1951
Mundial Interclubes de 1951 – Fase de grupos (1ª rodada)
Palmeiras 3x0 Nice-FRA
Estádio do Pacaembu. São Paulo-SP
Juiz: Franz Grill (Áustria)
Palmeiras: Oberdan; Salvador e Juvenal; Waldemar Fiúme, Luiz Villa e Dema; Lima, Aquiles (Richard), Ponce de León, Jair Rosa Pinto (Rodrigues) e Canhotinho. Técnico: Ventura Cambon.
Nice-FRA: Robert Germani; Serge Pedin e Mohamed Firoud; Jean Belver, Cesar Gonzalez e Rossi Leon; Bonifaci Antoine, Bengtsson Per, Yeso Amalfi, Désir Carre e Hjalmars Ake.
Gols: Aquiles (8’ do 2ºT), Ponce de León (11’ do 2ºT) e Richard (30’ do 2ºT)

05/07/1951
Mundial Interclubes de 1951 – Fase de grupos (2ª rodada)
Palmeiras 2x1 Estrela Vermelha-IUG
Estádio do Pacaembu. São Paulo-SP
Juiz: Gabriel Tordjan (França)
Palmeiras: Oberdan; Salvador e Juvenal; Waldemar Fiúme, Luiz Villa e Dema; Lima, Aquiles, Liminha, Jair Rosa Pinto (Canhotinho) e Rodrigues. Técnico: Ventura Cambon.
Estrela Vermelha: Krivokuca Srboljuc; Tadic e Stankovi Branko; Palfi Bena, Duratinec e M. Disuic; Ognjanov, Mitic Raiko, Tomasevic Kosta, Djajic Predrag e Vukosavljevic Bane. Técnico: Lubisa Brocci.
Gols: Ongjanov (8’ do 1ºT), Aquiles (30’ do 1ºT) e Liminha (35’ do 2ºT)

08/07/1951
Mundial Interclubes de 1951 – Fase de grupos (3ª rodada)
Palmeiras 0x4 Juventus-ITA
Estádio do Pacaembu. São Paulo-SP
Juiz: Edward Graigh (Inglaterra)
Palmeiras: Oberdan; Sarno e Juvenal; Waldemar Fiúme, Túlio e Dema; Lima, Aquiles, (Ponce de León), Liminha, Canhotinho (Jair Rosa Pinto) e Rodrigues. Técnico: Ventura Cambon.
Juventus: Viola; Bertucceli e Manente; Mari, Parola e Piccinini; Muccinelli, Karl Hansen, Boniperti, Johan Hansen (Vivole) e Praest. Técnico: Jesse Carver.
Gols: Boniperti (10’ do 1ºT), Boniperti (18’ do 1ºT), Karl Hansen (3’ do 2ºT) e Praest (35’ do 2ºT)

11/07/1951
Mundial Interclubes de 1951 – Semifinal (primeiro jogo)
Palmeiras 2x1 Vasco
Estádio do Maracanã. Rio de Janeiro-RJ
Juiz: Edward Graigh (Inglaterra)
Palmeiras: Fábio Crippa; Salvador e Juvenal; Waldemar Fiúme (Túlio), Luiz Villa e Dema; Liminha, Aquiles (Ponce de León), Richard, Jair Rosa Pinto e Rodrigues. Técnico: Ventura Cambon.
Vasco: Barbosa; Augusto e Clarel; Eli, Danilo e Alfredo; Tesourinha, Ipojucan (Vasconcelos), Friaça, Maneca e Djair. Técnico: Oto Glória.
Gols: Richard (24’ do 1ºT), Maneca (1’ do 2ºT) e Liminha (37’ do 2ºT)

15/07/1951
Mundial Interclubes de 1951 – Semifinal (segundo jogo)
Palmeiras 0x0 Vasco
Estádio do Maracanã. Rio de Janeiro-RJ
Juiz: Franz Grill (Áustria)
Palmeiras: Fábio Crippa; Salvador e Juvenal; Túlio, Luiz Villa e Dema; Liminha, Ponce de León, Richard (Lima), Jair Rosa Pinto e Rodrigues. Técnico: Ventura Cambon.
Vasco: Barbosa; Augusto e Clarel; Eli, Danilo e Alfredo; Tesourinha, Vasconcelos, Friaça, Maneca e Djair. Técnico: Oto Glória.

18/07/1951
Mundial Interclubes de 1951 – Final (primeiro jogo)
Palmeiras 1x0 Juventus
Estádio do Maracanã. Rio de Janeiro-RJ
Juiz: Franz Grill (Áustria)
Palmeiras: Fábio Crippa; Salvador e Juvenal; Túlio, Luiz Villa e Dema; Lima, Ponce de León, Liminha, Jair Rosa Pinto e Rodrigues. Técnico: Ventura Cambon.
Juventus: Viola; Bertucceli e Manente; Mari, Parola e Piccinini; Muccinelli, Karl Hansen, Boniperti, Vivole e Praest. Técnico: Jesse Carver
Gols: Rodrigues (20’ do 1ºT)

22/07/1951
Mundial Interclubes de 1951 – Final (segundo jogo)
Palmeiras 2x2 Juventus
Estádio do Maracanã. Rio de Janeiro-RJ
Juiz: Gabriel Tordjan (França)
Palmeiras: Fábio Crippa; Salvador e Juvenal; Túlio, Luiz Villa e Dema; Lima, Ponce de León (Canhotinho), Liminha, Jair Rosa Pinto e Rodrigues. Técnico: Ventura Cambon
Juventus: Viola; Bertucceli e Manente; Mari, Parola e Bizzoto; Muccinelli, Karl Hansen, Boniperti, Johan Hansen e Praest. Técnico: Jasse Carver
Gols: Praest (18’ do 1ºT), Rodrigues (2’ do 2ºT), Karl Hansen (18’ do 2ºT) e Liminha (32’ do 2ºT)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply