#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Isaquias Queiroz é finalista na Canoagem

O canoísta brasileiro Isaquias Queiroz venceu com folga a primeira classificatória da categoria C1 1000m, realizada na manhã desta segunda-feira na Lagoa Rodrigo de Freitas, e já garantiu vaga na Final A da categoria. Os vencedores de cada bateria avançam direto para a Final A, enquanto o restante tem que passar pela semifinal. Com isso, Isaquias não entra mais na água hoje, já que a Final do C1 1000m só acontece nesta terça.
Com apenas 22 anos, um menino nascido na pacata Ubaitaba, no interior da Bahia, que tem cerca de 22 mil habitantes é muito conhecido em sua modalidade e tido como referência principalmente pelas crianças que começam nesse esporte nas categorias de base. Isaquias ainda é um desconhecido do grande público. Mas seus feitos falam por si. Em 2011, foi prata no C1 500m e ouro no C1 200m no Mundial Júnior. Em 2013, entre os adultos, levou a primeira medalha do Brasil nessa modalidade em uma prova olímpica no Mundial. Foi bronze no C1 1000m. Depois, sagrou-se campeão mundial pela primeira vez. Foi no C1 500m, prova não olímpica. Em 2014, caiu pertinho da linha de chegada na final do C1 1000m e ficou fora do pódio, mas se recuperou e, no dia seguinte, levou ouro no C1 500m e se tornou bicampeão do mundo aos 21 anos, além de ganhar um bronze no C2 200m, ao lado de Erlon Souza. No Mundial de 2015, foi 3º no C1 200m e primeiro no C2 1000m, ajudando a classificar o Brasil para a Olimpíada nessas provas. Eleito atleta do ano de 2015 no Prêmio Brasil Olímpico, Isaquias é muito, muito talentoso. Seu biotipo é considerado quase perfeito para sua modalidade, mas seu jeito de ser é único e, às vezes, dá trabalho. Brincalhão, vaidoso, querido pelos colegas, o baiano é um diamante bruto, que está sendo lapidado, com muito cuidado, pelo treinador espanhol Jesús Morlán, o mesmo que levou o espanhol David Cal à conquista de cinco medalhas nos Jogos.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply