#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » Mão naquilo, aquilo na mão!

Uma questão polêmica antes e outra após o jogo, as duas contra o Santos. Antes de a bola rolar em Cuiabá a contestação era sobre a equipe ter deixado a Vila Belmiro e ir jogar onde a maioria da torcida é favorável ao Flamengo. A diretoria do Santos alegou que devia a venda do mando de campo a um patrocinador e precisava cumprir quando ele determinasse. A Arena Pantanal recebeu um grande público rubro negro, mas que não deu a vitória ao Flamengo.

O primeiro tempo marcou uma superioridade do Flamengo, tendo uma rápida troca de passes, mas o Santos foi mais eficiente quando chegou com Vitor Bueno acertando a trave. Nada mudou muito na segunda etapa, marcado pelas boas defesas de Vanderlei pelo Santos e outra bola na trave, agora de Mancuello pelo Flamengo. Mas aos 46 minutos a polêmica pós jogo tomou conta da análise da partida. A bola bateu nos braços de Caju dentro da área, o árbitro mandou seguir. Segue- se até a próxima rodada as reclamações de que o Flamengo foi prejudicado pela arbitragem. Elano saiu de campo exaltando a entrega dos jogadores Santistas e acreditando no título brasileiro. A torcida saiu sentindo a falta de gols e a sobra de mão, aqui, ali e acolá. O Santos saiu cerrando os punhos e comemorando a liderança do campeonato brasileiro. 

FICHA TÉCNICA:
SANTOS 0x0 FLAMENGO

Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)
Data: 3 de agosto de 2016 (Quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Dewson Fernando Freitas da Silva (Fifa-PA)
Assistentes: Marcio Gleidson Correia Dias (PA) e Hélcio Araujo Neves (PA)
Cartões amarelos: Caju, Luiz Felipe (Santos); Éverton, Rafael Vaz (Flamengo)

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Luiz Felipe, Gustavo Henrique e Caju; Renato, Léo Cittadini, Jean Mota (Joel) e Vitor Bueno (Yuri); Copete e Rodrigão (Elano). Técnico: Dorival Júnior

FLAMENGO: Alex Muralha; Pará, Rever, Rafael Vaz e Chiquinho; Márcio Araújo, Willian Arão, Éverton (Adryan) e Alan Patrick (Mancuello); Marcelo Cirino (Fernandinho) e Guerrero. Técnico: Zé Ricardo

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply