#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Quem não tem teto de vidro que atire a primeira pedra

0 a 0 para a retranca da Suécia no tempo normal e 4 a 3 nos pênaltis perdidos de Cristiane e Andressinha. As meninas do Brasil deram mais uma vez adeus ao sonho olímpico. Cristiane foi guardada para quando precisasse, precisou antes e entrou depois, ela disse que podia jogar mais tempo, e Vadão assume: 'Decisão foi minha, não do médico'. Cristiane também lamentou: 'Parece desculpa, mas precisamos de apoio'. Bárbara bem que tentou mais uma vez ser a heroína do país, mas o Brasil vai mesmo para a disputa do bronze e espera pelo perdedor do confronto entre Canadá e Alemanha. Já a Suécia, que já havia surpreendido os Estados Unidos nos pênaltis, aguarda o vencedor na briga pelo ouro. Os dois jogos acontecem na sexta-feira. As brasileiras vão atuar às 13h (de Brasília) na Arena Corinthians, em São Paulo, enquanto as suecas entrarão em campo às 17h30, de novo no Maracanã.
Não foi os 5 a 1 da primeira fase e nem os 7 x 1 da última vez que chegamos a uma semifinal olímpica em casa, mas semifinal olímpica é semifinal olímpica, e não pode ser fácil.
Nesta terça-feira, o cenário até que teve suas semelhanças, com o Brasil dominando completamente a partida. Só que, desta vez, a pontaria deixou a desejar e a bola não entrou. O time até criou boas jogadas, mas não conseguiu finalizá-las bem. Ao fim dos 90 minutos, foram 28 chutes, mas apenas oito deles tiveram a direção do gol.
Os que apoiam o futebol feminino durante todos os dias dos anos anteriores a partida de hoje são os que podem criticar, e quem não tem teto de vidro que atire a primeira pedra.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply