#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » O drama de Joanna de Assis na UTI

A repórter e apresentadora do SporTV, Joanna de Assis precisou ser internada às pressas na UTI por causa de uma septicemia (infecção generalizada) causada por uma bactéria.
Abre Aspas para Joanna que relatou o caso em seu perfil no Instagram:
''Pois é. A vida é mesmo tão estranha. Um dia você está absolutamente saudável e, de repente… Você está em uma UTI, travando uma batalha contra uma septicemia, e com tanta dor que nem duas injeções de morfina são capazes de aliviar. Você se sente um lixo. Impotente. Faz as pessoas que você ama se sentirem um lixo, impotentes. Você reza. Promete de tudo só para aquela dor passar. Percebe que por causa de um simples camarão (de um restaurante bem caro por sinal) você pode nunca mais ser a mesma. Descobre que se não tivesse saúde de atleta, coração tinindo e pulmão 100%, você poderia não estar postando isso agora. É…. A gente costuma não dar valor à saúde. Mas hoje eu estou feliz porque tenho sorte, pessoas que me amam e cuidaram de mim e elas sabem exatamente quem são. Obrigada por tudo. Continuarei por aí…. E nos vemos em breve porque já estou sorrindo aquele meu melhor sorriso … Porque a vida me dá sustos mas gosta demais de mim!
Fizeram uma operação de guerra para me salvar, diria, e deu tudo certo porque, segundo o médico me falou, eu corro, sou atleta, tenho coração, pulmão de atleta. Entrou água no meu pulmão, eu fiquei muito quebrada, tomei um grande susto. Cheguei a ter 33 graus de temperatura. Quando fui internada, tava com hipotermia, pressão 7 por 4, foi bem feio. Se fosse qualquer pessoa com uma saúde mais debilitada que a minha, poderia ter morrido.
Hoje, eu tô até meio chorona, porque agora que passou fico pensando: você tá entregue, vai comer num restaurante caro de São Paulo e paga cem reais num prato pra morrer.

Para comemorar minha cobertura, fui jantar no restaurante na noite de terça (20). Na madrugada já estava mal. Apresentei o 'Tá no Ar' mesmo assim no dia seguinte, mas já meio com um choque assim, não sabia o que tava acontecendo comigo. Lembro que parei várias vezes, não conseguia falar 'Shakhtar Donetsk', não saía. Até que o diretor do programa falou: 'Joanna, você tá bem?'. Eu falei: 'tô esquisita, com calafrios, não sei o que tá acontecendo'. E eu apresentei o programa, tentei manter até o final, mas meu corpo já estava dominado. No primeiro capítulo do meu livro, o Alan Fonteles [atleta paraolímpico] perdeu as pernas por causa de uma septicemia mal tratada, eu entrei em pânico. Fui pra UTI e a primeira coisa que eu vi foi uma placa falando sobre sepse. Lembrei do meu livro e de todos os meus plantões por causa do Pelé, e teve um que ele teve sepse, precisou fazer diálise, só que eu tenho um rim super forte, que absorveu muito bem".
Nesta manhã postou novamente:
''Bom dia !!!!! E um enorme e sonoro ''chupa, bactéria!''

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply