#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Pole Position: Rosberg pode ser campeão mundial

Nico Rosberg mostrou nesta nona edição do GP de Cingapura, disputada neste domingo, que nenhum piloto precisa ser extraordinário para ser campeão mundial, basta ter constância no ordinário das voltas dadas. O alemão manteve a tradição do evento e as suas 61 voltas no Circuito Marina Bay foram repletas de acontecimentos de toda espécie. A grande competência do piloto da Mercedes, chegou a terceira vitória seguida, oitava na temporada, agora de novo na liderança do Mundial.
A equipe alemã celebrou a sua 14ª vitória na 15ª etapa do calendário, mas viu Nico Rosberg precisar de muito esforço para cruzar a linha de chegada em primeiro lugar. Daniel Ricciardo, da RBR, chegou na segunda colocação, apenas quatro décimos de segundo atrás e Lewis Hamilton, companheiro de Rosberg, foi ao pódio em terceiro, mas enfrentando na corrida os mesmos problemas de freios dos treinos de sexta-feira e sábado.
Rosberg teve como o ponto mais alto neste domingo a superação sobre os mesmos problemas do companheiro de equipe, pois foi desde o início da corrida que seus engenheiros informaram, via rádio, que os discos de freio dianteiros do modelo W07 Hybrid estavam atingindo temperaturas acima dos 700 graus considerados ideais pelo fabricante, no caso da Mercedes a empresa francesa Carbon Industries. Sobre a ordem “Reduza o ritmo”, o alemão teve que guiar durante todas as voltas.
Nico Rosberg largou na pole position, a 29ª da carreira que celebrou 200 GPs na prova da cidade-estado. Foi a partir da 14ª volta que as freadas de seu carro passaram a não ter o mesmo equilíbrio das voltas iniciais, mas Rosberg ainda tinha uma vantagem de 5 segundos para Ricciardo, diminuída, mas mantida até o final da etapa de Cingapura.
O domingo foi bastante apagado para os brasileiros, sendo que Felipe Massa, da Williams, e Felipe Nasr, da Sauber, tiveram desempenhos semelhantes e, por isso, ficaram bastante próximos na classificação. Ambos não pontuaram. Foi após largar em 11.º que Massa terminou em 12.º e Nasr que saiu em 17.º, acabou em 13.º.

Confira a classificação final do GP de Cingapura:

1º - Nico Rosberg (ALE/Mercedes), em 1h17min28s089 

2º - Daniel Ricciardo (AUS/Red Bull), a 0s488

3º - Lewis Hamilton (ING/Mercedes), a 8s038

4º - Kimi Raikkonen (FIN/Ferrari), a 10s219

5º - Sebastian Vettel (ALE/Ferrari), a 27s694

6º - Max Verstappen (HOL/Red Bull), a 71s197

7º - Fernando Alonso (ESP/McLaren), a 89s198

8º - Sergio Pérez (MEX/Force India), a 111s062

9º - Daniil Kvyat (RUS/Toro Rosso), a 111s557

10º - Kevin Magnussen (DIN/Renault), a 119s952

11º - Esteban Gutiérrez (MEX/Haas), a 1 volta

12º - Felipe Massa (BRA/Williams), a 1 volta

13º - Felipe Nasr (BRA/Sauber), a 1 volta

14º - Carlos Sainz Jr. (ESP/Toro Rosso), a 1 volta

15º - Jolyon Palmer (ING/Renault), a 1 volta

16º - Pascal Wehrlein (ALE/Manor), a 1 volta

17º - Marcus Ericsson (SUE/Sauber), a 1 volta

18º - Esteban Ocon (FRA/Manor), a 2 voltas

Não terminaram a prova:

Valtteri Bottas (FIN/Williams)

Nico Hülkenberg (ALE/Force India)

Romain Grosjean (FRA/Haas)

Jenson Button (ING/McLaren)

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply