#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » » Canetadas: O último camisa 10

Os maiores vencedores da Copa do Brasil, com quatro títulos cada um, Cruzeiro e Grêmio iniciaram nesta noite de quarta-feira o primeiro duelo que vale uma vaga para a final da edição 2016. Mineirão cheio, retrospecto positivo e boa fase do time. Os ingredientes eram os melhores possíveis para o time da casa. Mas dentro de campo os anfitriões levaram um balde de água fria e sofreram, com justiça, uma derrota por 2 a 0.  A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira (2 de novembro), às 21h45, em Porto Alegre.
12 jogos. Esse era o número de partidas que Luan estava sem marcar, mas foi com extremo talento que o garoto de ouro do Grêmio encobriu Rafael e marcou um golaço mais que iniciou a vitória mais que importante do tricolor. O duelo apresentou a estratégia de Mano Menezes contra a raça da equipe comandada por Renato Gaúcho, e não foi uma boa noite para a mente pensante do ex treinador da seleção brasileira, o Cruzeiro produziu pouco dentro de campo, esteve sem inspiração principalmente nas pontas e não conseguiu criar alternativas para superar a boa marcação do Grêmio. No segundo tempo, o cenário se repetiu até um novo erro celeste que gerou o segundo gol gremista e matou a partida. Sabe quem fez?
Ele tem sido chamado nas redes sociais de o último camisa 10 do futebol brasileiro, por seu estilo clássico de mulherengo, apreciador de bebidas alcoólicas e uma saliente barriga. Douglas fez parte de um Grêmio muito bem posicionado, na maioria das vezes com seus jogadores atrás da linha da bola, praticamente anulando o ímpeto do adversário e impecável nas boas triangulações de Marcelo Oliveira e Pedro Rocha com Luan ou Douglas, que  colocou a bola no chão e selou a vitória após passe de Ramiro.
No plano tático ainda tem que se contar que vendo sua equipe ser anulada no primeiro tempo, Mano foi corajoso ao mudar o esquema e adotar três zagueiros e uma linha de quatro meio-campistas, formada com Robinho, Sóbis, Arrascaeta e Alisson. Porém, tamanha ousadia também requer cuidado. Os espaços muito bem aproveitados pelo Grêmio continuavam acontecendo. A saída de bola ruim que gerou o segundo gol só escancarou mais uma das falhas dos anfitriões em campo. Renato Gaúcho estava suspenso, mas o treinador, que acompanhou o jogo das cabines, viu seus comandados saírem de campo com um resultado tão lendário quanto a fama copeira do Grêmio, reinada mais uma vez.

CRUZEIRO 0 x 2 GRÊMIO

Semifinal da Copa do Brasil 2016
Data/Hora: 26/10/2016, às 21h45
Local: Mineirão, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Péricles Bassols (PE/Fifa)
Assistentes: Kleber Gil (SC) e Nadine Camara (SC)

GOLS: Luan, 19'1ºT (0-1); Douglas, 16'2ºT (0-2)
Cartões amarelos: Kannemann (GRE)
Cartão vermelho: Não teve.
Público/Renda: 53.452 presentes/R$1.606.821,00.

CRUZEIRO: Rafael; Lucas (Alisson - Intervalo), Bruno Rodrigo, Léo e Edimar; Denílson (Denílson - 26'2ºT), Lucas Romero e Robinho; Giorgian De Arrascaeta, Rafael Sóbis (Willian - 21'2ºT) e Ramón Ábila.  Técnico: Mano Menezes.

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Geromel, Kannemann e Marcelo Oliveira; Walace, Maicon (Jailson - Intervalo), Ramiro, Douglas e Pedro Rocha (Everton - 24'2ºT); Luan (Kaio - 41'2ºT). Técnico: Alexandre Mendes (Renato Gaúcho suspenso).

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply