#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » » Canetadas: Que Carille! Chegada de Oswaldo expõe isolamento de Andrade

Após 473 minutos sem marcar gols no Campeonato Brasileiro o Corinthians enfim balançou as redes, com dois gols do melhor em campo Guilherme, atuando muito bem como um falso nove, um de Marlone em noite inspirada e outro de Lucca, aos 46 do 2° tempo para quebrar  a série do Santa Cruz de derrotas por 3 x 2, antes acontecido contra Santos e Palmeiras. Para o Santinha, Doriva tem falado em apenas "terminar o campeonato com dignidade" já admitindo o rebaixamento.
Fábio Carille e os jogadores do Corinthians asseguram que ainda não foram comunicados sobre a chegada do técnico Oswaldo de Oliveira ao clube. É impressionante o amadorismo com o qual Roberto de Andrade tem conduzido as suas decisões a frente do time do povo, não respeitando os funcionários do clube, e sequer informando a Carille, que por Andrade mesmo havia sido confirmado até o fim do ano no cargo, sobre a chegada de um novo treinador. Para a chegada de Cristóvão Borges, Roberto cumpriu a vontade de seu padrinho Andres, mas naquele momento já prefiria a Oswaldo. Com as atuações mal sucedidas do contratado, ele viu as portas abertas para desta vez barrar opiniões que pediam Roger Machado e Eduardo Batista. O presidente se isolou e dificilmente terá forças para dar ao novo treinador a sustentação necessária para buscar bons resultados. Foi apenas pela imprensa que Carille ficou sabendo de que não continuaria a frente do Corinthians. Inadmissível. O até então treinador alvi-negro falou sobre tudo isso. Abre Aspas:
“Lembro muito do Fábio Mahseredjian (preparador físico que Tite levou do Corinthians para a Seleção Brasileira), que sempre falou muito bem do Oswaldo. É um cara vencedor no clube, que já fez bons trabalhos, experiente, e eu sou funcionário do Corinthians. Se isso for delegado, volto normalmente à minha antiga função. Sempre falei que viveria o dia a dia.
Minha resposta é igual à dos jogadores. Realmente, não sabemos o que vai acontecer. Sou treinador até segunda ordem. Quem pode responder é o presidente. Fiquei voltado para o jogo. Não trouxemos esse assunto para dentro do vestiário”.
Oswaldo de Oliveira em contra ponto mostrou o quanto são infundadas as criticas de treinadores brasileiros ao pouco tempo de trabalho que tem em clubes, sendo demitidos por resultados, afinal a diretoria do Sport manteve O.O. a frente da equipe o campeonato todo, mesmo com derrotas seguidas e a zona do rebaixamento as portas. Assim como Doriva ano passado, ele sai de uma equipe para assumir um grande da capital. Pobre futebol brasileiro, por todos os lados continua carente de ética e profissionalismo.

FICHA TÉCNICA

SANTA CRUZ 2 X 4 CORINTHIANS

Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)

Data: 12 de outubro de 2016, quarta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Grazianni Maciel Rocha (RJ)

Assistentes: Eduardo de Souza Couto (RJ) e Carlos Henrique Alves de Lima Filho (RJ)

Cartões amarelos: Néris e Marion (Santa Cruz); Marquinhos Gabriel e Willians (Corinthians)

Gols: SANTA CRUZ: Grafite, aos 29 minutos do primeiro tempo, e Keno, aos 35 minutos do segundo tempo; CORINTHIANS: Guilherme, aos 37 minutos do primeiro tempo e aos 9 minutos do segundo tempo; Marlone, aos 2, e Lucca, aos 46 minutos do segundo tempo

SANTA CRUZ: Edson Kolln; Léo Moura, Néris, Danny Morais e Roberto; Uillian Correia, Jadson (Marion) e João Paulo (Wagner); Arthur, Grafite (Bruno Moraes) e Keno

Técnico: Doriva

CORINTHIANS: Walter; Léo Príncipe, Pedro Henrique, Balbuena e Uendel; Camacho (Willians), Giovanni Augusto (Cristian), Marquinhos Gabriel, Rodriguinho e Marlone; Guilherme (Lucca)

Técnico: Fábio Carille

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply