#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » » Canetadas: Segunda divisão não é para o São Paulo!

Antes de a bola rolar algumas certezas cercavam a partida entre São Paulo x Ponte-Preta. Pelo lado do adversário tricolor se sabia que a macaca vinha de uma semana descansada, embalada de suas vitórias em casa, havia tido um dos artilheiros do campeonato liberado de punição anteriormente sofrida e poderia atuar, William Potcker, e que na rodada passada havia chegado aos 45 pontos e se livrado matematicamente do rebaixamento. Pelo lado do mandante São Paulo a semana também era de empolgação pela vitória com requintes de heroísmo sobre o Fluminense no Rio de Janeiro, a boa fase do garoto David Neres, as especulações da volta de Rogério Ceni ao clube, agora como treinador e a certeza de um Morumbi lotado com mais de 40 mil ingressos vendidos antecipadamente. Todos esses fatores entraram em campo e foram decisivos para o resultado final.
A Ponte-Preta começou a partida melhor do que o São Paulo, descansada e jogando leve, sem o mesmo peso de pontuar do mandante, dominou as ações,  principalmente pelo lado esquerdo com Reinaldo, jogador emprestado pelo próprio Tricolor, e muito vaiado nesta tarde. Era incontestável que os placares obtidos pela equipe de Campinas até aqui na temporada contra o rival iriam se repetir, dois magros 1 x 0, por Paulista e Brasileiro. Tudo seria concretizado de não fosse um velho fantasma voltar a assombrar a torcida da macaca, o zagueiro Fábio Ferreira novamente cometeu um erro infantil de posicionamento e com o braço esquerdo impediu a passagem da bola. Pênalti bem convertido por Cueca. O Morumbi com tanta gente parece ter feito mal a macaca, que se mostrou nervosa em campo, com discussões infantis com a arbitragem e entradas violentas, como a de Roger em Rodrigo Caio, punido com um cartão amarelo que o deixou fora da próxima partida contra o Sport e fez com que fosse substituído no intervalo por Potcker, que Eduardo Batista, errou ao deixar no banco de reservas.
Na segunda etapa o técnico ponte-pretano mudou o elenco também com a entrada de Thiago Galhardo no lugar de Wendel, dando mais possa de bola a equipe, que perdeu inúmeras chances de gol com Potcker e Clayson, em falhas e boas defesas de Denis. O Tricolor chegava pelo lado direito explorando o frágil poder de marcação de Nino Paraíba, com arrancadas de Kelvin, Wesley e depois Luiz Araújo. No melhor momento do visitante, Ricardo Gomes mostrou estar com a sua estrela brilhando. Após Chávez servir Thiago Mendes, o volante carimbou a trave de Aranha, no rebote o garoto, aposta do treinador tricolor, marcou o seu primeiro gol pela equipe titular do São Paulo. A festa foi completa em um Morumbi repleto da certeza de que a segunda divisão não é mesmo para um clube com o peso da história tri campeã mundial do São Paulo.

FICHA TÉCNICA

SÃO PAULO 2 X 0 PONTE PRETA

Local:Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)

Data: 22 de outubro de 2016, sábado

Horário: 17 horas (de Brasília)

Árbitro: Marcelo de Lima Henrique (PE)

Assistentes: Clóvis Amaral da Silva e Cléberson do Nascimento Leite (ambos de PE)

Cartões amarelos: PONTE PRETA: Roger.

Público: 49.673 total.

Renda: R$ 600.541,00.

GOLS:

SÃO PAULO: Cueva, aos 11 minutos do 1T, e David Neres, aos 36 minutos do 2T.

SÃO PAULO: Denis; Wesley, Rodrigo Caio, Lyanco e Mena; João Schimidt, Thiago Mendes e Cueva; Kelvin (Luiz Araújo), David Neres (Wellington) e Pedro (Chavez)

Técnico: Ricardo Gomes

PONTE PRETA: Aranha, Nino, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Reinaldo; João Vitor, Wendel (Galhardo) e Maycon; Rhayner, Clayson (Felipe Azevedo) e Roger (Pottker)

Técnico: Eduardo Baptista

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply