#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Pole Position Especial: "Senna mostra como é feito um grande ídolo e um grande esportista". 25 anos do Tri.

Foi em um saudoso dia 20 de outubro de 1991, que o ídolo Ayrton Senna tornava realidade o sonho do tricampeonato mundial de Fórmula 1 ao terminar na segunda colocação o GP de Suzuka. O circuito japonês por sinal, foi palco de todos os títulos do piloto em 1988, 1990 e 1991. Para levar o tri, Senna precisava evitar a vitória do inglês Nigel Mansell. Com o jogo de equipe estratégico da McLaren, ele deixou seu companheiro de escuderia, Berger, na frente. Na segunda posição, segurou Mansell, que estava em terceiro. Sob pressão, o inglês perdeu o controle do carro, tentou ultrapassar Senna e foi para a brita. Melhor para o brasileiro que comemorou o seu terceiro título mundial e consagrava o ano de 1991 como o melhor da sua carreira. A vitória concedida a Berger, como o narrador Galvão Bueno afirmou conta que ali: "Senna mostra como é feito um grande ídolo e um grande esportista."
Foram oito poles, sete GPs ganhos e 96 pontos em 16 corridas. Entre as corridas que venceu, está o GP do Brasil, em Interlagos, que Senna conquistou após oito tentativas. Com o título no Japão, o piloto entrou para o seleto time dos tricampeões do mundo. Até então, o feito só havia sido alcançado por Jack Brabham (aos 40 anos), Jackie Stewart (34), Niki Lauda (35), Nelson Piquet (35) e Alain Prost (34). Todos chegaram ao título com mais de 31 anos, idade de Senna ao tornar-se campeão.
Os anos se passaram e o Brasil não chegou a mais nenhum título mundial nestas duas décadas e meia. Rubens Barrichello chegou e se estagnou na Ferrari como um sempre vice campeão de um Heptacampeão Mundial como Michael Schumacher, quando teve reais chances em outra equipe parou em em Jenson Button. Felipe Massa ainda lamenta o motor quebrado na Hungria a três voltas do fim, e com todos os brasileiros ainda esbraveja: "Maldito Glock"!

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply