#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Almanaque do JEC: Jorge Curi

Jorge Curi, mineiro de Caxambu – nasceu dia 25 de fevereiro de 1920 (morreu em 23 de dezembro de 1985). Um narrador esportivo que marcou seu nome para sempre na história do rádio esportivo brasileiro. Jorge Curi, “o narrador padrão do Brasil”. Filho do comerciante José Kalil Curi e de Maria Curi, teve oito irmãos, entre os quais, o cantor, compositor e humorista Ivon Curi, e o também radialista Alberto Curi.
Iniciou sua carreira numa emissora local de sua cidade natal, em 1942. No ano seguinte, teve a chance de fazer um teste para a Rádio Nacional do Rio de Janeiro, onde, aprovado, permaneceu até 1972. Daí se transferiu para a Rádio Globo, onde formou com Waldir Amaral uma das maiores duplas de narradores esportivos de todos os tempos. Foi um dos maiores locutores de seu tempo. Além de locutor esportivo, também conduziu o programa dominical de calouros A Hora do Pato.
Narrou nove Copas do Mundo –  seis pela Nacional (1950, 54, 58, 62, 66 e 70) e três pela Rádio Globo (74, 78 e 82). Na Copa de 1970, Curi era o principal representante da Rádio Nacional em um pool de emissoras do qual a Rádio Globo também era integrante.
Em novembro de 1984, foi demitido da Rádio Globo. No mês seguinte, foi contratado pela Rádio Tupi. Em 23 de dezembro de 1985, quando tinha acabado de completar um ano de atividades na emissora dos Diários Associados, morreu em acidente de carro, nas proximidades de Caxambu, sua terra natal. Era torcedor fanático do Flamengo .

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply