#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Almanaque do JEC: Maurício Torres

Maurício Thomé Torres (Rio de Janeiro, 14 de fevereiro de 1971 — São Paulo, 31 de maio de 2014) foi um apresentador de televisão e locutor esportivo brasileiro cobriu três Copas do Mundo: 1994 nos Estados Unidos (narrou pelo SporTV), 1998 na França e de 2002 Coréia do Sul e Japão.
Maurício Torres trabalhou no Sistema Globo de Rádio e na década de 1990 narrava jogos para os canais Globosat. Em 1996 entrou para a Rede Globo, onde fazia as transmissões esportivas e apresentava o bloco esportivo do Bom Dia Brasil, e eventualmente o Globo Esporte e Esporte Espetacular — além do Espaço Aberto Esporte, da GloboNews.
Em 2005 recebeu convite e foi para a Rede Record, onde narrou e apresentou programas esportivos na emissora e participou das transmissões esportivas do Esporte Fantástico e Esporte Record News, na Record News.
Os principais eventos que atuou foram:
Copa do Mundo FIFA: 1994 nos Estados Unidos da América, 1998 na França e 2002 no Japão e na Coreia do Sul
Jogos Olímpicos de Verão: 1996 em Atlanta, EUA, 2000 em Sydney, Austrália, 2004 em Atenas, Grécia e 2012 em Londres, Inglaterra
Olimpíadas de Inverno: 2010 em Vancouver, Canadá e 2014 em Sochi, Rússia
Jogos Pan-Americanos: 1999 em Winnipeg, Canadá, 2003 em Santo Domingo, República Dominicana, 2007 no Rio de Janeiro e 2011 em Guadalajara, México
Mundialito de Futebol de Areia de 1997 (Figueira da Foz, Portugal)
Decisões da Liga Mundial de Voleibol: 2001 e 2003
Grand Slam de Judô 2009
Campeonato Mundial de Natação: 2013
Campeonato Brasileiro de Futebol: 2005 e 2006
Copa do Brasil de Futebol: 1999 e 2006
UEFA Euro 2008
O apresentador morreu em 31 de maio de 2014, aos 43 anos, após ficar internado durante um mês desde 1 de maio no Hospital Sírio-Libanês, depois de ter passado mal num voo entre o Rio de Janeiro e São Paulo. Ao desembarcar desse voo na capital paulista, ele foi levado para o referido hospital, onde ficou constatada arritmia cardíaca. O quadro sofreu uma piora após infecção pulmonar que não regrediu com o tratamento, levando-o a óbito.
Deixou esposa, Susana Naspolini (Repórter da TV Globo) e uma filha, Julia, de oito anos.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply