#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » » Máquina do Tempo: Brasil x Argentina, 102 anos de história

Brasil e Argentina duelaram pela primeira vez há mais de um século, em um amistoso em 1914, em Buenos Aires. Os argentinos venceram por 3 a 0 e, mesmo saindo na frente, o confronto direto permanece apertado desde então. Hoje, o Brasil lidera com 39 vitórias, contra 37 vitórias da Argentina e 26 empates, contando apenas os jogos oficiais pela Fifa. Nos gols marcados, o equilíbrio é ainda mais expressivo: 159 para cada lado. Na história, muitos outros clássicos não são considerados pela Fifa por inúmeras razões, por exemplo, Brasil ou Argentina mandaram a campo um time representando a seleção. Assim, os números exatos dependem de quem faz a conta. Se for levado em consideração apenas as partidas contadas como oficiais pelos dois países, adicionando os duelos validados pela Fifa, a vantagem é da Argentina, com 41 vitórias, 40 derrotas e 26 empates. Os rivais também aparecem à frente nos gols-pró: 175 a 167. De qualquer forma, independentemente da matemática, uma coisa é certa: o duelo é dos mais apertados.
A Argentina nunca foi comandada por um brasileiro, mas o Brasil, sim, teve um argentino como técnico. Filpo Nuñes se aposentou como jogador aos 28 anos, em 1948, e começou a trabalhar como treinador no Independiente Rivadavia. Depois, peregrinou por países como Chile, Peru, Venezuela e Equador antes de assumir o Cruzeiro em 1955. Passou por um enorme número de times brasileiros nos anos seguintes, com destaque para o Palmeiras, entre 1964 e1965, e seus duelos com o Santos de Pelé. Em sua primeira partida à frente do time alviverde, Nuñes viu a equipe bater o Santos por 3 a 2, e o Palmeiras se sagraria campeão do Torneio Rio-São Paulo. Melhor time do país, o Palmeiras foi escolhido pela CBD (Confederação Brasileira de Desportos, predecessora da CBF) para representar o Brasil em um amistoso contra o Uruguai, no dia 7 de setembro de 1965. A vitória por 3 a 0 representou o primeiro – e, até hoje, único – jogo em que a seleção brasileira teve um estrangeiro como treinador. Um argentino, no caso.
As duas seleções produziram, provavelmente, mais candidatos ao título de melhor jogador de todos os tempos do que qualquer uma, e o mais frequente nome argentino na lista é Diego Maradona.
Mesmo com Maradona ou Messi em campo, Argentina se apequena no Brasil
Contra o Brasil, no entanto, ele não teve tantos momentos de diversão: nas seis partidas em que enfrentou os rivais, Maradona marcou apenas uma vez (no Mundialito de 1981, no Uruguai) e tem como retrospecto uma vitória, dois empates e três derrotas. Em Copas do Mundo, uma vitória, eliminando o Brasil em 1990, e uma derrota, sendo expulso em 1982.
Partidas históricas entre as seleções:

Argentina 0x1 Brasil – Copa Roca de 1914 (Superclássico das Américas)

A primeira vitória da Seleção Brasileira sobre a Argentina aconteceu há exatamente 100 anos, durante a primeira edição da Copa Roca. Em Buenos Aires, os brasileiros venceram a partida por 1 a 0 e conquistaram a primeira taça de sua história, dando início à grande rivalidade que se mostra hoje em dia, um século depois. Rubens Salles marcou o único gol da partida.

Brasil 2x1 Argentina – Copa do Mundo 1974

Rivais sul-americanos, os países se encontraram pela primeira vez em copas na edição de 1974. No primeiro tempo, Rivelino fez boa tabela com Jairzinho e mandou um belo chute no canto direito do goleiro para abrir o placar. De falta, Brindisi surpreendeu Leão e empatou o confronto. No segundo tempo, Jairzinho cabeceou cruzamento com estilo e deu a vitória para os até então tricampeões.

Brasil 2x1 Argentina – Amistoso (Último gol do Pelé)

Antes do tricampeonato mundial em 1970, brasileiros e argentinos se enfrentaram no Maracanã e viram Pelé mostrar o porque é o maior jogador de todos os tempos. Quando a partida estava empatada por 1 a 1, o jogador do Santos chamou a responsabilidade e marcou um golaço, cobrindo o arqueiro adversário e garantindo a vitória para a Seleção Brasileira.

Argentina 1x0 Brasil – Copa América de 1983

Na primeira fase da competição, a Argentina recebeu o Brasil em Buenos Aires e venceu por 1 a 0, gol de Ricardo Gareca, ex-técnico do Palmeiras. Ao final do torneio, os uruguaios comemoraram o título e os brasileiros foram vice-campeões. Os argentinos não sabiam o que era vencer a equipe tupiniquim há quatro jogos.

Argentina 1x0 Brasil – Copa do Mundial 1990

Os Hermanos conseguiram vencer os brasileiros pela primeira vez numa Copa do Mundo nas oitavas de final do Mundial de 1990, na Itália. No Delle Alpi, o famoso jogo da água batizada por Maradona dada para Branco acabou com o placar de 1 a 0, após o craque costurar a marcação no meio e deixar Caniggia de frente com Taffarel, driblando o goleiro e marcando o gol que mandou o Brasil para casa.

Brasil 2 x 2 Argentina – Copa América 2004

Um dos confrontos mais inesquecíveis dos 100 anos de história desta grande rivalidade certamente é o da final da Copa América de 2004. A Argentina jogou melhor, vencia até os 48 do segundo tempo quando Tevéz perdeu a bola no ataque, Diego recebeu no meio e lançou na área. Luis Fabiano dominou, Adriano ajeitou e mandou uma bomba para empatar a partida e levar a decisão para os pênaltis. D’Alessandro e Heinze perderam, os brasileiros marcaram todos e levantaram a taça do torneio pela 7ª vez.

Brasil 4x1 Argentina - Copa das Confederações 2005

As duas equipes se encontraram na decisão da Copa das Confederações de 2005 e os brasileiros fizeram a festa na Alemanha. Com dois gols de Adriano, um de Kaká e outro de Ronaldinho Gaúcho, o Brasil atropelou a Argentina por 4 a 1, conquistando o título da competição e dando a impressão de que o hexacampeonato seria questão de tempo no ano seguinte.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply