#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Pole Position: Rubens Barrichello vence na etapa de Goiânia da Stock Car

Nem com o limpador de para-brisas sem funcionar e sem visibilidade na chuva, Rubens Barrichello não deixou escapar na ponta dos dedos a vitória na etapa de Goiânia da Stock Car. A chuva estava prevista, mas mesmo assim tumultuou o início da corrida. A prova começou com mais de 30 minutos de atraso, e a largada foi feita com safety car. Quando o carro de segurança saiu da pista, após duas voltas, Felipe Fraga atacou Marcos Gomes e tomou a segunda posição. Cacá Bueno, que fazia sua corrida de número 200, teve a roda bloqueada ao frear para desviar de um carro lento, e foi parar na barreira de pneus. Ricardo Maurício, que causou o acidente involuntariamente, estava em baixa velocidade devido a problemas no motor. O safety car retornou à pista por mais duas voltas. 
Na relargada, mais tumulto. Tuka Rocha acertou o carro de Sergio Gimenez na lateral, quebrando a suspensão traseira. O carro de segurança foi chamado novamente, e outros pilotos também tiveram problemas: Allam Khodair teve a suspensão traseira danificada, Guilherme Salas rodou, e Ricardo Zonta teve a roda dianteira afetada. Na nova relargada, Felipe Fraga foi ousado ao atacar Rubinho, pole e líder até então. O líder do campeonato atacou até nas curvas, por fora, mas não teve sucesso. Na última volta, Marcos Gomes rodou sozinho e perdeu a terceira colocação. Logo depois, seu companheiro de equipe, Felipe Fraga, também errou e saiu do traçado. O líder do campeonato até conseguiu retornar para a prova na segunda colocação, mas ficou longe demais para voltar a ameaçar Rubinho. O veterano seguiu firme até receber a bandeira quadriculada na linha de chegada. Fraga chegou em segundo, com Valdeno Brito em terceiro. Segundo na classificação da temporada, com 223 pontos, Rubinho também venceu em Cascavel e Londrina neste ano. 
Na segunda corrida, a largada também foi sob chuva e a largada teve de ser feita com o safety car. Lucas Foresti largou bem e pouco depois saiu da pista, fazendo com que Átila Abreu assumisse a ponta. Rubinho estava em nono. Lá na frente, Girolami e Daniel Serra brigavam pelo segundo lugar. O líder do campeonato, Felipe Fraga, ia ganhando posições e já aparecia em quarto. Na metade da prova passou a pressionar Daniel Serra. Valdeno Brito colocou as rodas na grama e ultrapassou três carros (Rubinho, Diego Nunes e Julio Campos), pulando para quinto. Thiago Camilo, que era o oitavo, também se aproximava da briga pelas três primeira posições nas duas últimas voltas. Com a parada de Girolami na penúltima,Tiago foi para cima de Felipe Fraga e assumiu a segunda posição. Felipe ficou sem combustível e acabou rodando. Átila comemorou a vitória, seguido por Thiago e Diego Nunes. Vencedor da primeira corrida, Rubinho cruzou a linha de chegada em quinto.  Felipe Fraga segue na ponta da classificação com 252 pontos. Com o quinto lugar na segunda prova, Barrichello somou 40 pontos no total - o novo recorde desde que a Stock Car implementou a disputa de duas provas por etapa - e fez a diferença para o líder cair (223). Valdeno Brito é o terceiro (189). Marcos Gomes (164), Max Wilson (159), Diego Nunes (159), Daniel Serra (157), Vitor Genz (148), Átila Abreu (146), Cacá Bueno (138), Allam Khodair (137) e Ricardo Maurício (135) aparecem logo depois.   
A próxima etapa da temporada será no dia 20 de novembro, com a estreia da categoria no Circuito dos Cristais, em Curvelo, cidade mineira a 170 quilômetros da capital Belo Horizonte. A última etapa da Stock em 2016 será no dia 11 de dezembro, em Interlagos.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply