#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » Grandeza devolvida: Grêmio Pentacampeão da Copa do Brasil

Após quinze anos o Grêmio pintou novamente o Brasil de azul e branco. As cores do lado gremista do Rio Grande do Sul são novamente motivo de honra para toda a imortal torcida tricolor. A alegria da emoção veio da melhor forma possível, pelas mãos do maior ídolo da história do clube. Renato Portalupi chegou para devolver ao torcedor o orgulho da alma gremista, que estava amortecida após debutar um jejum de títulos. Tinha que ser ele, somente podia vir dele, que com o ex técnico e atual auxiliar Valdir Espinoza levou o Grêmio a conquistar o mundo. Desta vez a morada se fez em terras tupiniquins, mas que são tão extensas quanto a grandeza do clube chamado de imortal.
O Grêmio buscou resgatar a sua grandeza desde quando trouxe o campeão Luís Felipe Scolari, passando pelo vencedor jogador do clube Roger Machado e culminando na profecia cumprida do maior de todos. Esse título tem um pouco de todos e muito dos corações que pulsaram do lado de dentro e de fora da nova Arena Gremista. O primeiro título nacional da casa que ainda há de abrigar incontáveis conquistas. O Grêmio foi melhor durante toda a competição, vencendo ao final um trio que inclui dois dos melhores elencos do país como Palmeiras e Atlético e um catimbeiro Cruzeiro. Decidiu o título por duas vezes em um Mineirão lotado e teve o melhor atleta da competição, o único camisa 10 possível, Douglas. A taça erguida por Gabriel e Marcelo Grohe devolveu a alegria ao torcedor. Eles vibram Sacodem as camisas. Olham como imortais que são. Não acreditam.
A tragédia com a delegação da Chapecoense marcou o intervalo entre as duas partidas finais, e trouxe mais algumas lágrimas ao torcedor gremista que chora na arquibancada. Alívio. Superação. Incredulidade. O Grêmio foi buscar não apenas ídolos da sua maior conquista, mas sim resgatar a sua identidade de vencedor que sempre foi. É o rei de copas. Sete títulos nacionais. Único vencedor por cinco vezes da Copa do Brasil. A volta Olímpica merece todas as fotografias, gritos, Renato, Carol, torcedores. É interminável e não circunda apenas o círculo visível da Arena, mas sim abrange todo o sentimento que os regidos de Romildo Bonzan Junior merecem sentir na eterna satisfação de ser do Grêmio. Nada que aconteceu em todas as noites anteriores da Arena do Grêmio se compara a esta. A casa do Tricolor Gaúcho está de aniversário, quatro anos completadas em coincidência neste oito de dezembro. Quanta festa capitaneada por Maicon, que diz com sabedoria que se o título não viesse eles não seriam lembrados. São campeões por méritos e Imortais por natureza.

FICHA TÉCNICA

GRÊMIO X ATLÉTICO-MG
Torneio: Copa do Brasil
Data: 07/12/2016
Estádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Público: 55.337 pessoas
Renda: R$ 5.105.964,00
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (FIFA/SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (FIFA/SP) e Kleber Lucio Gil (FIFA/SC)
Cartões amarelos: Erazo e Fábio Santos, do Atlético-MG

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Edílson, Pedro Geromel, Kannemann, Marcelo Oliveira; Walace, Ramiro, Maicon, Douglas; Everton e Luan. Técnico: Renato Gaúcho

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Gabriel, Erazo, Fábio Santos; Rafael Carioca, Leandro Donizete (Cazares), Júnior Urso (Maicosuel); Luan, Lucas Pratto e Robinho. Técnico: Diogo Giacomini

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply