#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » Jogo das estrelas tem homenagens a Chapecoense

Na 13ª edição dos Jogo das Estrelas, Zico decidiu escalar Neymar e Marinho no ataque do seu time. E a escolha do organizador da partida beneficente no Maracanã se mostrou acertada. O craque da Seleção e um dos destaques do Brasileirão se entenderam muito bem na etapa inicial e ajudaram o Time Vermelho a vencer o Time Branco por 8 a 4, diante de 58.382 torcedores, na noite desta quarta-feira.
Antes da bola rolar, as 71 vítimas do acidente aéreo com a delegação da Chapecoense, no último dia 29, foram homenageadas. Fotos das vítimas foram exibidas no telão do estádio. Zico (representando o Flamengo), Roberto Dinamite (Vasco), Alexandre Torres (Fluminense), Camilo (Botafogo) e Edu Coimbra (América) entraram em campo com uma bandeira da Chapecoense, junto com João Carlos Maringá, diretor de futebol do clube catarinense, e Matheus, filho de Sandro Pallaoro, presidente da Chape, que faleceu no acidente. Setenta e um balões brancos e verdes foram lançados ao ar.
Quando a bola rolou, torcedores do Flamengo, maioria no Maracanã, vaiaram muito Leo Moura sempre que ele pegava na bola, não perdoando o lateral por uma quase transferência para o Vasco no ano passado. E aplaudiram o agora ex-flamenguista Emerson Sheik, que abriu o marcador para a equipe branca aos 12 minutos, após tabela com Gustavo Scarpa. Mas a torcida explodiu cinco minutos depois, quando Zico aproveitou o rebote de uma bola no travessão chutada por Renato Gaúcho e empatou de cabeça.
Na volta ao Maracanã após conquistar a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos, em agosto, Neymar avançou pela esquerda aos 20 e cruzou para Marinho virar o placar para o time vermelho. Na comemoração, os dois ensaiaram uma dancinha. A parceria voltou a funcionar três minutos depois. O camisa 11 driblou dois na área e tocou de calcanhar para Marinho. O atacante do Vitória tocou com categoria, por cobertura. 
Após duas assistências, Neymar deixou o dele aos 26, após receber belo passe de Zico, fintar dois adversários e tocar no contrapé de Carlos Germano, fazendo 4 a 1. Antes do final da etapa inicial, Sheik descontou, tocando a bola por baixo das pernas do goleiro Wilson.
No segundo tempo, uma dupla olímpica mostrou entrosamento. Aos cinco minutos, Renato Augusto fez lindo lançamento para Neymar, que avançou da linha divisória, pedalou diante do goleiro Gléger e ampliou para 5 a 2. Neymar deixou o campo muito aplaudido aos 14. E não viu, cinco minutos depois, Zico mostrar a eterna categoria aos 63 anos, com um belo chute da entrada da área, que explodiu no travessão.
Substituto de Neymar, Fumagalli marcou, de cabeça, o sexto do Time Vermelho. João Paulo, atacante do Guarani nos anos 80, reduziu a diferença em seguida. Aos 41, Zico mostrou fôlego para avançar e dar ótimo passe para Loco Abreu, de cavadinha, marcar o sétimo gol da equipe vermelha. Vitinho respondeu para o time branco, acertando um chute da entrada da área. E para encerrar a festa, Zico deixou o campo aos 44, para a entrada de seu neto Felipe, de oito anos. Que ainda teve tempo de balançar a rede, fechando o placar em 8 a 4. E ganhar um abraço apertado do avô na beira do campo.

Time Vermelho 8 x 4 Time Branco
Gols: Zico, Marinho (2), Neymar (2), Fumagalli, Loco Abreu e Felipe Coimbra (para o Time Vermelho); Emerson Sheik (2), João Paulo e Vitinho (para o Time Branco)

Time Vermelho (titulares): Wilson, Capdevilla, Réver, Juan e Thiago Coimbra; Rafinha, Renato Augusto e Zico; Renato Gaúcho, Marinho e Neymar.

Entraram: Getúlio Vargas, Gilberto, Loco Abreu, Sávio, Fumagalli, Tita, Alex, Fernando, Adílio, Reinaldo, Felipe Adão

Time Branco (titulares): Carlos Germano, Leo Moura, Aldair, Richarlyson e Athirson; Júnior (Luizinho), Bruno Quadros, Gustavo Scarpa e Camilo; Cláudio Adão e Emerson Sheik.

Entraram: Gléger, Cássio, Aldair, Carlos Alberto Santos, Luizinho, Zinho, Sorato, Vitinho, Alcindo, Rafael Augusto, Beto, João Paulo, Matheus Pallaoro

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply