#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » Menino da vila, santista e muito caro

O Santos quer ter Gabigol na próxima temporada. Vendido para a Inter de Milão por 29 milhões de euros (cerca de R$ 100 milhões) em agosto deste ano, o atacante não tem espaço na equipe italiana e deve ser emprestado na próxima janela de transferências, que abre em janeiro. O Peixe, por sua vez, observa à distância a situação do ‘Menino da Vila’ e se coloca como um dos interessados no jogador.
Após fechar a contratação do zagueiro Cleber, na última terça-feira (13 de dezembro), o alvinegro mudou seu foco e agora tem como prioridade um atacante que atue pelos lados do campo. Apesar de não ter experiência em Libertadores, Gabigol se encaixa no perfil procurado pelo técnico Dorival Júnior para 2017. O comandante, inclusive, pediu seu retorno ao Peixe durante entrevista na semana passada.
A diretoria do Santos, por sua vez, entende que a negociação será difícil, pois a Inter não pretende arcar com parte dos vencimentos do atacante, que giram em torno de R$ 900 mil por mês, valor fora da realidade santista. Caso o clube italiano libere Gabigol, o Alvinegro precisaria buscar ajuda com investidores para bancar o salário do jovem de 20 anos.
Porém, o que pesa a favor do Peixe é a vontade de Gabriel. Segundo ele, se for para sair da Inter, a ideia é ir para outro grande clube da Europa ou então retornar à Vila Belmiro. No Velho Continente, o Las Palmas, da Espanha, e os italianos Empoli e Pescara já mostraram interesse em seu futebol.
Desde que foi vendido, Gabigol ficou em campo por apenas 16 minutos durante uma partida contra o Bologna. O pouco futebol apresentado gerou críticas do brasileiro Mazzola, ídolo na Itália. Mesmo assim, o atacante espera receber mais oportunidades nos próximos jogos, após a chegada do técnico Stefano Pioli. O ex-santista até tem sido relacionado para o banco de reservas, mas ainda não foi aproveitado.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply