#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » O mágico Pottker leva a Ponte-Preta a sua melhor campanha da era dos pontos corridos

Pela última rodada do Campeonato Brasileiro de 2016, a Ponte Preta recebeu o Coritiba no Moisés Lucarelli. A Macaca despediu-se do torneio com vitória de 2 a 0, e ainda alcançou uma marca importante para a equipe.
Os gols foram marcados no segundo tempo, por William Pottker, que se tornou o artilheiro da competição ao lado de Fred e Diego Souza, e Ravanelli. Com a vitória, a Ponte terminou na oitava colocação com 53 pontos, melhor campanha do time no Brasileiro dos pontos corridos. O jogo ainda marcou a estreia do técnico Felipe Moreira no comando da Macaca.
Já o Coritiba fechou com 46 pontos, na 15ª colocação. Com a derrota e a vitória do Sport diante do Figueirense, o Coxa ficou sem vaga na Copa Sul-Americana de 2017.
Antes do início do confronto, aconteceram homenagens à Chapecoense, devido ao acidente aéreo com a equipe há quase duas semanas. Crianças entraram em campo com o uniforme da Chape, carregando bandeiras do time catarinense, do Brasil e da Colômbia, país em que a aeronave caiu.
Além disso, foi respeitado um minuto de silêncio, e as duas equipes vestiram camisas personalizadas com o escudo da Chapecoense.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 2 x 0 CORITIBA

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 11 de dezembro de 2016, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Francisco de Paula dos Santos Silva Neto (RS)
Assistentes: Lucio Beiersdorf Flor (RS) e Alexandre Pruinelli Kleiniche (RS)
Público: 3.095 torcedores
Renda: R$ 23.445,00
Cartões amarelos: Walisson Maia (Coritiba)
Gols: PONTE PRETA: William Pottker (pênalti) aos 14, e Ravanelli, aos 19 minutos do segundo tempo

PONTE PRETA: Aranha (Ivan); Nino Paraíba, Antonio Carlos, Fábio Ferreira e Breno Lopes; Wendel, Matheus Jesus e Ravanelli; Rhayner, William Pottker e Zé Roberto (Léo Cereja)
Técnico: Felipe Moreira

CORITIBA: Rafael Martins (William Menezes); Dodô, Walisson Maia, Romercio e Geovane; Ícaro, Julio Rusch (Carvalho), Yan (Ruy) e Bernardo; Iago e Vinicius
Técnico: Paulo César Carpegiani

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply