#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » Recomeçando do zero

Após a tragédia do velório coletivo na Arena Índio Condá em dezembro, foi neste 27 de Janeiro que uma partida oficial aconteceu novamente pela primeira vez. Chapecoense e Joinville realizaram o clássico catarinense pela primeira rodada do grupo C da Primeira Liga. O placar de 0 a 0 em Chapecó pode lembrar que a reconstrução do glorioso verde começa mesmo dentro de campo do zero. Na estreia oficial, a Chape mandou a campo uma equipe diferente da que começou o amistoso contra o Palmeiras. Já o Joinville também mandou a campo uma equipe com mudanças em relação à última temporada.
Mesmo jogando fora de casa, foi o Joinville quem começou melhor e pressionou a Chape, principalmente com jogadas pelo lado esquerdo da defesa, o que gerou muita reclamação de Mancini. Os donos da casa chegaram pela primeira vez após uma pixotada de Roberto que quase marcou contra. Lutando contra a falta de entrosamento, as duas equipes não conseguiram criar muita coisa até que Zeballos foi a linha de fundo e cruzou na cabeça de Túlio de Melo, que tocou no canto esquerdo de Jhonatan, tirando tinta da trave. Logo depois, Osman não alcançou o cruzamento de Diego Renan e desperdiçou a última chance da primeira etapa.
No segundo tempo, o Joinville começou melhor e teve a melhor chance da partida com Alex Ruan, que recebeu o cruzamento e tocou para um milagre de Elias. Após o lance as equipes voltaram a terem dificuldades em chegar ao gol do adversário. Insistindo em cruzamentos, a Chapecoense não conseguiu concluir. Pelo JEC, Ciro chegou a balançar a rede de Elias, mas estava impedido. O zero não sairia mesmo do placar, isso ficou evidente quando Túlio de Melo cabeceou com muito perigo mas não anotou o tento. O ano apenas começou. 

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE 0 x 0 JOINVILLE

Local: Arena Condá, Chapecó (SC)
Data-Hora: 26/1/2017 - 21h30
Árbitro: Willian Machado Steffens (SC)
Auxiliares: Alex dos Santos (SC) e Henrique Neu Ribeiro (SC)
Público/renda: 7.145 torcedores presentes / R$ 92.730,00
Cartões amarelos: Caíque (JOI)
Cartões vermelhos: -
Gols: -

CHAPECOENSE: Elias, Zeballos, Nathan, Luiz Otávio e Diego Renan; Moisés Gaúcho e Luiz Antônio (Nadson - INT); Osman, Dodô (Martinuccio - 32'2ºT) e Arthur (Lourency - 21'2ºT); Túlio de Melo. Técnico: Vágner Mancini

JOINVILLE: Jhonatan; Caíque, Henrique Mattos, Max e Fernandinho; Roberto, Kadu e Lúcio Flávio; Fabinho Alves (Gustavo Xuxa - 41'2ºT), Alex Ruan (Ciro - 21'ºT) e Bruno Batata (Juninho - 29'2ºT). Técnico: Fabinho Santos

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply