#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » Brasileiros classificados após a primeira grande "Quarta-Feira de Libertadores" do ano

Quarta-feira de Libertadores. A expressão conhecida por todo torcedor brasileiro hoje fez morada no Rio de Janeiro e no Paraná. São nesses estados que a maioria das torcidas de Botafogo e Atlético-PR respectivamente estão. Os corações não foram poupados de emoções, mas terminaram pulsando felizes com a classificação dos brasileiros para a terceira fase da Libertadores. Pelo lado alvinegro a equipe marcou no fim e arrancou empate por 1 a 1 com o Colo Colo, no Estádio Monumental, no Chile. Emerson Silva marcou contra e Rodrigo Pimpão deixou tudo igual e definiu a classificação para o Alvinegro. No primeiro jogo, o Botafogo havia vencido por 2 a 1, no Engenhão. Assim, o gol marcado fora de casa foi decisivo para a vaga na terceira fase da Libertadores. Na próxima fase, o Alvinegro aguarda o vencedor de Olímpia-PAR ou Del Valle-EQU.
Mas nem tudo saiu como o planejado pelo Fogão. O gol logo no terceiro minuto de jogo, quando os chilenos se aproveitaram de uma falha da zaga para abrir o placar, desmoronou a estratégia de Jair Ventura em optar por uma postura mais defensiva. Para agravar, Camilo, um dos principais atletas do Alvinegro, sentiu uma lesão na coxa e ficou de fora da partida. O treinador ainda barrou o atacante Roger e mandou a campo Rodrigo Lindoso e João Paulo. Pelo lado Chileno vale contar que Villar 'fechou' o gol e fez ao menos três boas defesas para manter a vitória parcial dos chilenos.
Pelos lados do Furacão os 2640m de altitude de Bogotá, na Colômbia, quase cobraram um alto preço ao Atlético-PR. Diante do Millonarios, uma equipe que precisava buscar a vitória para avançar na Libertadores, o time brasileiro não encontrou forças para conter o ímpeto adversário e evitar a derrota por 1 a 0. O resultado, no entanto, levou a partida para os pênaltis. Assim como aconteceu na final dos Jogos Olímpicos, Weverton se viu diante de uma decisão. E, mais uma vez, fez sua parte para ajudar na classificação. O camisa 12 defendeu a cobrança de Franco e ainda viu Maximiliano Núñez acertar o travessão. Pelo lado do Atlético-PR, Jonathan, Grafite, Carlos Alberto e Felipe Gedoz converteram suas cobranças.
O gol da partida saiu no segundo tempo. Duque, aos 10 minutos, fez o solitário tento, que levou o jogo para os pênaltis – a primeira partida havia terminado em vitória por 1 a 0 do Atlético-PR. Na próxima fase, a última antes da fase de grupos, o Atlético-PR terá pela frente o vencedor de Deportivo Capiatá e Universitario.

COLO COLO 1 X 1 BOTAFOGO

Data e hora: 08/08/2/2017, nesta quarta-feira, às 21h45 (horário de Brasília)
Local: Estádio Monumental, Santiago (CHI)
Árbitro: Patricio Loustau (ARG)
Auxiliares: Ezequiel Brailovsky e Ivan Nuñez (ARG)
Gols: Emerson Silva (contra), aos 3min do 1º tempo; Rodrigo Pimpão, aos 35min do segundo tempo;
Cartões amarelo: Airton (BOT) Meza (COL)

Colo Colo
Villar; Meza, Baeza e Barroso; Valdés (Morales), Pavez, Figueroa (Fierro), Fernandez e Véjar (Gonzáles); Rivero e Paredes
Técnico: Pablo Guede

Botafogo
Gatito; Jonas, Marcelo, Emerson Silva e Victor Luiz; Airton (Guilherme), Lindoso (Roger), Bruno Silva e João Paulo; Montillo e Rodrigo Pimpão
Técnico: Jair Ventura

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply