#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » Classificação de Lucho

O resultado de 3 a 3 na partida de ida deu ao Atlético-PR a missão de vencer no Paraguai de qualquer jeito para chegar à fase de grupos da Copa Libertadores. Mas não foi fácil. Logo aos 34min, o atacante Grafite, principal esperança de gol do Furacão, caiu no gramado e após a análise dos médicos, foi constatado um problema no tornozelo, tendo que camisa 23 deixar o campo para a entrada de Luís Henrique.
No início da primeira etapa o Capiatá, mesmo em casa, não se lançou ao ataque e apenas buscava fazer o tempo passar. Mas o panorama mudou logo aos 11 minutos do primeiro tempo quando o escanteio cobrado para a área do mandante contou com o desvio de Paulo André para Lucho González, na segunda trave, completar para as redes do Capiatá. A postura dos donos da casa mudou e o ataque virou a lei da ordem da equipe em campo, mas sem muita efetividade as principais jogadas dos 45 minutos iniciais pararam nas mãos de Weverton.
Na etapa final aos três minutos o Capiatá quase chegou ao empate, mas parou novamente no goleiro do Furacão. A falta de um goleador foi notada aos 40min da segunda etapa quando Nikão teve a oportunidade de matar o jogo e garantir a classificação sem sustos, mas desperdiçou ótima chance. Agora o Atlético-PR entra no Grupo 4 da competição continental, que já possui San Lorenzo-ARG, Universidad Católica-CHI e Flamengo. A estreia do clube paranaense também já tem data marcada: será na terça-feira, 7 de março, em casa, contra a equipe chilena.

FICHA TÉCNICA
DEPORTIVO CAPIATÁ 0 X 1 ATLÉTICO-PR

Local: Estádio Érico Galeano, em Capiatá, no Paraguai 
Data: 22/02/2017
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Nestor Pittana
Cartões amarelos: González e Irrazábal (Capiatá); Grafite, Carlos Alberto, Nikão e Lucho González (Atlético-PR)
Gol: Lucho González, aos 11min do 1º tempo.

DEPORTIVO CAPIATÁ: Bernardo Medina; Bonet, Ramón Ortigoza, Néstor González e Cristian Martínez; Ledesma, Alexis González, Noguera (Dante López), Mendieta (Pérez) e Irrazábal; Gamarra. Técnico: Diego Gavilán.

ATLÉTICO-PR: Weverton; Jonathan, Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Lucho González (Wanderson) e Carlos Alberto (Felipe Gedoz); Pablo, Grafite e Nikão. Técnico: Paulo Autuori.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply