#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Foi horrível, parecia o Mirassol!

Se a crônica entre São Paulo 2 x 2 Mirassol fosse copiada e colada aqui, pouca coisa mudaria além do cenário e do adversário. Mais uma vez o São Paulo vencia até a metade do segundo tempo por 2 x 0 o seu adversário quando um erro individual de um zagueiro custou o primeiro gol e uma jogada despretensiosa a área já nos minutos finais custou a vitória. Mas não falamos aqui de Maicon e nem de Xuxa, autor do gol de empate do Mirassol no Morumbi. O Novorizontino foi guerreiro e aproveitou todas as oportunidades de gol que teve em direção ao gol de Dênis, tendo o Tricolor não conseguindo controlar uma reação de um time nos vinte minutos finais do duelo.
O São Paulo de Rogério Ceni sem dúvida é diferente do ano passado, por ser vibrante, vivo e em busca do ataque, mas ainda sofre muitos gols, com a intensidade aplicada do técnico em correr muito durante os minutos iniciais, e se não define a partida logo no início o Tricolor tem  dificuldades naturais para depois manter o mesmo ritmo nos minutos finais. A partida começou e terminou com muita chuva, tendo o Novorizontino sendo dominado em até os 20 minutos da segunda etapa pelo São Paulo, que teve nas experiências de Rogério Ceni o mesmo padrão de jogo mantido. Shaylon pela ponta esquerda e Araruna pelo meio de campo entravam como titulares, mas tendo dificuldades em passar por um meio de campo do Novorizontino extremamente povoado, restando as alas como opção para os cruzamentos a área. E foi pelo lado direito que Bruno chegou cruzando para Gilberto finalizar para o gol de Tom e abrir o placar para o Tricolor.
A segunda etapa iniciou com a estréia de Jucilei no lugar de Shaylon, o que deu mais liberdade para Thiago Mendes descer ao ataque e aproveitar um desvio de cabeça, após o tiro de meta cobrado por Dênis, para dominar e na frente de Tom ampliar para o gol do Novorizontino. Foi após um erro de Breno, que chegou atrasado na bola, e cometeu pênalti sobre Roberto. Ele mesmo bateu no canto esquerdo de Dênis para diminuir. A pressão se intensificou até aos 43 minutos Railan fazer um filme se passar na cabeça do torcedor São-Paulino e sorrisos se abrirem nos donos da casa. O empate que veio de cabeça certamente esquentara os neurônios de Rogério Ceni para que essa cena não se repita contra o Santo André, semana que vem, no Morumbi.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO NOVORIZONTINO 2 X 2 SÃO PAULO

Competição: Campeonato Paulista – 6ª rodada
Data: 25/02/2017, sábado
Local: Jorge Ismael de Biasi
Árbitro: Salim Fende Chavez
Assistentes: Alberto Poletto Masseira e Luiz Alberto Andrini Nogueira
Cartões amarelos: Buffarini, Breno e Lugano(São Paulo); Cléo Silva, Artur (Grêmio Novorizontino)
Gols: Gilberto (29'/1ºT), Thiago Mendes (6'/2ºT) para o São Paulo; Railan (43'/2ºT)

GRÊMIO NOVORIZONTINO: Tom; Railan, Domingues, Guilherme, J. Lucas, Doriva, Roberto, F. Gabriel (Arthur), Henrique (Everaldo), Cleo e Alê (Nilson).
Técnico: Dilceu Rocha Júnior

SÃO PAULO: Denis; Bruno, Lugano, Breno e Buffarini; João Schmidt, Thiago Mendes, Araruna e Shaylon (Jucilei); Neilton (Luiz Araújo) e Gilberto (Chavez)
Técnico: Rogério Ceni

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply