#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Paciência de Jô

O Corinthians saiu vencedor do primeiro, de ao menos três, dos confrontos que o clube de Parque São Jorge e o Palmeiras irão realizar neste ano de 2017. O Campeonato Paulista oferece um duelo, enquanto o Campeonato Brasileiro garante mais dois embates. Esse primeiro Derby do ano em que se celebra o centenário do confronto entre ambas as equipes foi marcado pela vitória do Corinthians pelo placar mínimo de 1 a 0 sobre o Palmeiras, sendo apenas a segunda vez que a superioridade do Timão em casa prevalece sobre o Verdão. O Palmeiras tem jogadores conceituados em seu elenco, mas que parecem não saber o que é um Corinthians x Palmeiras, e que demonstraram parecer que iriam ganhar a partida a qualquer momento. O que em um clássico nunca acontecerá. Faltou alma ao Palmeiras. Sobrou ao Corinthians. Faltou concentração ao Verde, sobrou consciência da sua limitação ao Corinthians.
As duas etapas foram marcadas por uma limitação técnica clara de ambas as equipes, sendo o Corinthians porquê não possui grande qualidade com a bola nos pés e o Palmeiras por ter sido auto confiante em achar que a posse de bola de mais de 60% não iria pedir a criatividade necessária para passar pelo paredão que a massa Corinthiana formava sobre o gol de Cássio. O Time do Povo jogou por uma bola, um contra ataque, que veio apenas ao final da partida. Passados os 40 minutos da primeira etapa Thiago Peixoto foi o protagonista de longos minutos em campo. Em um contra ataque Keno partia para o ataque, quando foi parado com um carrinho por Pablo, e puxado por Maicon. Mas o árbitro viu diferente, ele iludibriado pela malandragem de Keno, que levanta apontando a Gabriel como autor da falta, amarela o não culpado e por consequência expulsa o já amarelado volante. Longos minutos se seguiram e mesmo com orientações de seus auxiliares, não mudou de decisão. A partida também não mudaria, mesmo com o Corinthians numericamente desfavorecido.
Não parecia que o Timão estava sem Gabriel. Parecia que o Palmeiras estava sem técnico. Eduardo Baptista optou por no intervalo colocar Guerra no lugar de Raphael Veiga, mas o colombiano também não sabia o que era um Palmeiras x Corinthians. A bola ia para um lado, outro, o Verde era blaze e o Timão lutava por cada bola. Quando Felipe Melo saiu Baptista poderia ter mudado a equipe, tornado mais dinâmica, ofensiva, mas optou por um Thiago Santos marcador. Quando colocou Alecsandro poderia ter mantido Willian. Optou por trocar seis por meia dúzia. Não quis ganhar. A raça e a paciência do Corinthians foram premiadas aos 43 minutos da segunda etapa, quando o inexpressivo Guerra perdeu a bola para as duas tentativas de Maicon em encontrar Jô. Ele paciente esperou quando não foi escalado contra o Audax. Quando não entrou em campo como titular nesta noite. Esperou 38 segundos depois que entrou para a bola chegar em seus pés e balançar as redes de Fernando Prass. A comemoração foi típica de quem sabe esperar. As mãos pediam o que o Corinthians teve de mais importante para a vitória, e que a torcida do Palmeiras não deve ter com Baptista, a bíblica paciência de Jô!

FICHA TÉCNICA

CORINTHIANS 1 x 0 PALMEIRAS

Local: Arena Corinthians, em São Paulo (SP)
Data: 22 de fevereiro de 2017, quarta-feira
Horário: 21h45 (de Brasília)
Público: 30727 pagantes
Renda: R$ 1.535.887,00
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto
Assistentes: Emerson Augusto de Carvalho e Marcelo Carvalho Van Gasse
Cartões amarelos: Felipe Melo, Jean e Raphael Veiga
Cartão vermelho: Gabriel
Gol: Jô, aos 42min do segundo tempo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel e Maycon; Romero (Paulo Roberto), Rodriguinho e Léo Jabá (Moisés); Kazim (Jô). Treinador: Fábio Carille

PALMEIRAS: Fernando Prass; Jean, Mina, Vitor Hugo e Zé Roberto; Felipe Melo (Thiago Santos); Keno, Michel Bastos, Raphael Veiga (Guerra) e Dudu; Willian (Alecsandro). Treinador: Eduardo Baptista

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply