#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Santos chega a terceira partida seguida sem vitória

Estamos ainda apenas na quinta rodada do Campeonato Paulista. Mas para o Santos parece que muito temo já se passou em 2017. Essa foi a terceira partida consecutiva sem vencer no Paulista e com o resultado, o peixe vai a sete pontos e na segunda colocação no grupo D, ainda podendo ser ultrapassado pelos demais. O Santos agora volta a campo no sábado, quando encara o Botafogo-SP na Vila Belmiro, pela sexta rodada Paulista. O duelo antecede duas partidas importantes do time da Vila Belmiro: clássico contra o Corinthians, dia 5 de março, e a estreia na Libertadores, contra o Sporting Cristal, dia 9, na estreia da Copa Libertadores.
Os números em campo ainda são bons, tanto que o visitante terminou tanto o primeiro e o segundo tempo com mais de 60% de posse de bola. Mas o time do litoral praticamente não assustou o goleiro Fábio, enquanto a equipe de Itu levou perigo ao menos em três oportunidades. Duas lesões influenciaram no curso da partida ainda na primeira etapa, sendo que primeiro foi Guilherme, do Ituano, que pisou de mau jeito e saiu logo aos 4min. Depois foi Léo Cittadini, do Santos, que levou uma entrada dura de Claudinho e ficou sentindo o joelho. Após ser atendido, ele ainda tentou continuar em campo, mas por opção da comissão técnica acabou substituído aos 22min pelo atacante Thiago Ribeiro. As vaias ao final da partida não foram poupadas e o peixe irá precisar voltar a vencer e a convencer o mais rápido possível.

FICHA TÉCNICA
ITUANO 0 X 0 SANTOS

Local: Novelli Júnior, em Itu (SP)
Data/Hora: 21 de fevereiro de 2017, às 21h30
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira
Assistentes: Tatiane Sacilotti dos Santos Camargo e Alberto Poletto Masseira
Cartões amarelos: Claudinho, Mateus (ITU); Lucas Veríssimo, Leandro Donizete (SAN)
Público/Renda: 3.564 presentes/ R$ 153.120
Gol: -

ITUANO: Fábio; Arnaldo, Mateus, Lima e Peri; Walfrido, Simião, Igor e Guilherme (Romarinho, aos 6'/1T); Morato (Bassani, aos 39'/2T) e Claudinho (Lucas Crispim, aos 8'/2T). Técnico: Tarcisio Pugliese.

SANTOS: Vladimir; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, Yuri e Zeca; Thiago Maia,

Leandro Donizete e Léo Cittadini (Thiago Ribeiro, aos 22'/1T); Vitor Bueno, Copete e Kayke (Bruno Henrique, aos 36'/2T). Técnico: Dorival Júnior.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply