#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Toma lá, dá Capiatá!

Eis que a estréia do Atlético-PR na segunda fase de sua participação na Libertadores não foi a esperada. Mas não foi por falta de tentativas. A equipe brasileira saiu na frente, levou a virada e até chegou a liderar o placar novamente, mas sofreu na bola parada no final e só conseguiu empatar por 3 a 3 com o Deportivo Capiatá, do Paraguai. Felipe Gedoz, duas vezes, e Pablo, fizeram para o Furacão, enquanto Noguera e González, duas vezes, igualaram para os paraguaios.
Atlético-PR e Deportivo Capiatá voltam a se enfrentar na próxima quarta-feira (22), às 21h45 (de Brasília), no Paraguai. Agora, a equipe paraguaia precisa apenas segurar um empate com até dois gols no jogo de volta para avançar à fase de grupos. Para os brasileiros, apenas uma vitória, ou um empate com quatro gols ou mais, serve.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 3 x 3 DEPORTIVO CAPIATÁ

Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data: 15/02/2017
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Daniel Fedorczuk (URU)
Cartões amarelos: Grafite, João Pedro Felipe Gedoz e Sidcley (Atlético-PR); Néstor González, Alexis González, Bonet e Paredes (Dep. Capiatá)
Cartão vermelho: Paredes (Dep. Capiatá)
Gol: Felipe Gedoz, aos 20min do 1º tempo e aos 13min do 2º tempo, Pablo, aos 39min do 2º tempo; Noguera, aos 44min do 1º tempo, e González, aos 7min e 43min do 2º tempo.

ATLÉITO-PR: Weverton; Jonathan, Thiago Heleno, Paulo André e Sidcley; Otávio, Lucho González (João Pedro) e Felipe Gedoz (Matheus Rossetto); Nikão, Pablo e Grafite. Técnico: Paulo Autuori.

DEPORTIVO CAPIATÁ: Bernardo Medina; Carlos Bonet, Jorge Paredes, Ramón Ortigoza e Néstor González; Noguera (Carlos Ruiz), Eduardo Ledesma, Alexis González e David Mendieta (Monges); Irrazábal e Roberto Gamarra (Dionisio Pérez). Técnico: Diego Gavilán.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply