#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » Abre Aspas: Isa Pagnota, do The Voice Kids e torcedora do Palmeiras

Isa Pagnota tem 11 anos e vem de Valinhos, interior de São Paulo. Sua maior inspiração é a mãe, que é cantora. Com o pai ela carrega a paixão pelo Palmeiras. A jovem cantora se envolve com o esporte quando prática uma outra paixão, o tecido acrobático. Aos 10 anos de idade participou da primeira edição do quadro "Levanta-te" do Programa Silvio Santos (SBT) no qual cantava junto com a mamãe. Ambas foram finalistas do quadro (2015). Aos 11 anos de idade chegou ao The Voice Kids, onde ela colocou todo mundo para dançar com “Dancin' Days” e conquistou a aprovação de Brown. “Com você não tem quem fique parado”, elogiou o técnico, que ainda brincou ao falar que ela era uma princesa e que até tinha o sapatinho de cristal como a Cinderela. “Você está preparada para as coisas mais lindas do mundo”, completou.

Vagner: No esporte muitas crianças se espelham em seus ídolos para começar uma carreira. Como foi no seu caso, se inspirou em alguém?

Isabela: Minha primeira e maior influência foi minha mãe. Aline Pagnota de Paula. Ela é cantora e sempre cantou pra mim. Mas com o tempo fui conhecendo outras cantoras. Gosto de várias em seus diversos estilos, gosto de Marisa Monte, Sandy e Ivete Sangalo. 

Vagner: No Brasil temos muito pouca estrutura para que atletas sejam formados, se investe pouco na base. Na música é diferente, existem estruturas para que um jovem possa desenvolver o seu talento?

Isabela: De forma geral a cultura no Brasil não tem um investimento que deveria ter. E isso afeta os artistas. Tem muita gente boa por aí, mas que poderiam ter acesso à informação, formação, cursos e entre outras oportunidades. 

Vagner: Você gosta de acompanhar alguma modalidade de esporte, tem algum time do coração?

Isabela: Adoro fazer tecido acrobático! Pratico ao menos 3 vezes por semana. Às vezes assisto com meu pai alguns jogos de futebol. Nós torcemos pro Palmeiras!

Vagner: Como foi a experiência em participar do The Voice Kids, que aprendizado ficou?

Isabela: Para mim foi muito legal porque esse programa é uma oportunidade de mostrar o talento e abre várias portas para quem quer seguir na carreira. Tiveram várias fases e mais de 35 mil inscritos de todo Brasil e estar entre as 72 crianças que os técnicos viraram as cadeiras nas audições às cegas me deixou muito feliz e muito agradecida.

Vagner: Quais são os seus planos futuros para a carreira?

Isabela: Quero continuar cantando e me aperfeiçoando no canto mas também no piano e no tecido acrobático. São minhas paixões!

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply