#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » » Canetadas: Ayrton Senna era o Brasil que dava certo

O maior piloto da história do automobilismo brasileiro completaria cinquenta e sete anos nesta terça-feira, vinte e um de março de dois mil e dezessete. Ayrton Senna era da Silva e com suas conquistas se tornou do Brasil. O Tri Campeão Mundial era o Brasil que dava certo em meio a uma crise econômica e política que assolava o país ao final dos anos oitenta e início dos anos noventa. Ainda não podemos dizer que essa turbulência externa das áreas sociais passaram, mas é certo dizer que jamais se apagará a história deste brasileiro que na ponta dos dedos guiou o sonho brasileiro na busca da vitória ao lugar mais alto do pódio.
Aqueles que tem menos de vinte anos apenas ouvem contar dos pais, amigos e pelas redes sociais que se trata de um herói, daquele que sobrevoava os imaginários e deixava para trás qualquer adversário que poderia haver. Os jovens ainda não entendem o motivo que leva os seus pais a frente da televisão a cada manhã de domingo. Que faz com que analistas busquem adjetivos a cada ano para nomear aquele que fez o impossível de Portugal a San Marino. Os olhos atrás do capacete verde e amarelo revelam o mistério jamais revelado do que jamais será apenas uma corrida de Fórmula 1.
É a esperança de aquele primeiro de maio tenha sido imaginário e o herói ainda venham povoar os circuitos do circo. Assim como era repleta a frente da televisão, nas madrugadas, manhãs e tardes de Interlagos, dos brasileiros que nunca deixaram de acompanhar a bandeirinha que tremulava pela vitória conquistada. O orgulho nunca caberá em um brasileiro que tenha nas veias o mesmo sangue acelerado de Silva e irá eternamente transbordar pelos olhos como a água que embalou as suas maiores conquistas. E todos os dias serão para recordar e contar que jamais surgirá alguém que ultrapasse os desafios da imortalidade.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply