#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » São Paulo e Corinthians ficam em um empate marcado por pouco futebol

O clássico entre São Paulo e Corinthians foi marcado por todos os fatores externos possíveis e que esta gerando intermináveis horas de debates em redes sociais e programas esportivos, mas com muito pouco assunto do essencial que uma partida de futebol precisa. Não iremos descrever neste texto defesas memoráveis de Cássio ou Renan, salvamentos em cima da linha de Rodrigo Caio ou Balbuena, excelentes marcações no meio de campo com Jucilei e Gabriel, criações de jogadas perfeitas de Jadson ou Cícero e nem de gols de Wellington Nem ou Pedrinho. Aqui estaremos contando a lesão de Guilherme Arana pela entrada de Wellington Nem, o cartão amarelo de Gabriel após faltas seguidas, a reclamação de Léo Jabá sobre a imitação de uma galinha feita por Maicon seguido ao gol, o mesmo Jabá que nas categorias de base imitou em um porco ao marcar contra o Palmeiras, as reclamações que foram infinitas sobre Wellington Nem, que deveria ter sido expulso na primeira jogada em falta sobre ainda Léo Jabá, mas foi quando não havia critérios para isso a um minuto do fim, a expulsão de Pablo que não veio, a jornada infeliz de Vinícius Furlan. Seguimos também com a análise dos 60℅ de posse de bola do São Paulo e o gol decisivo mais uma vez de Jô.
O São Paulo tomava a iniciativa das ações da partida, mas não conseguia levar perigo, enquanto o Corinthians buscava o contra-ataque, mas não conseguia sair jogando com velocidade. Jogador mais incisivo do Tricolor na primeira etapa, Luiz Araújo era quem levava mais perigo pelos mandantes, e arriscou a primeira finalização da partida, apenas aos 18 minutos. Aos 30 minutos, Jadson ajeitou para Rodriguinho, que chutou rasteiro de fora da área para boa defesa de Renan Ribeiro. Cinco minutos depois, Araruna cobrou falta na área à meia altura, Luiz Araújo nem precisou subir para cabecear e desviou, mas a bola passou tirando tinta o gol de Cássio. A segunda etapa começou com Araruna roubando a bola pela direita e puxando contra-ataque com Wellington Nem. O meia-atacante deu ótima enfiada para Luiz Araújo, que saiu na cara de Cássio, mas bateu em cima do goleiro. Na coletiva pós jogo, Ceni afirmou que com mais calma e uma cavadinha ele poderia ter aberto o placar. Maicon fez por ele. Araruna cobrou escanteio, Cícero chegou no segundo pau e mandou de cabeça para o meio, onde Maicon só escorou para o gol. No lance, Cássio ameaçou sair da meta no primeiro cabeceio e não conseguiu reagir a tempo para evitar o tento na segunda conclusão. Aos 18 minutos o empate. Guilherme Arana cruzou da esquerda e encontrou Jô livre na pequena área, entre Rodrigo Caio e Júnior Tavares. Sozinho, o centroavante testou firme para as redes. O Timão voltou a balançar as redes aos 29 minutos, mas a arbitragem já havia parado a jogada. Léo Jabá cruzou da direita, Jô se escorou em Araruna, ajeitou para trás e Rodriguinho marcou, mas o árbitro anotou falta do centroavante do Timão.
Como todo os visitante, o Corinthians saiu mais feliz com o resultado de 1 x 1, e ainda o mandante não garantiu a sua classificação às quartas de final do Estadual, enquanto o Timão não tem mais chances de ser a melhor campanha do torneio. Com o resultado na penúltima rodada do Campeonato Paulista, o São Paulo chegou aos 18 pontos no Estadual e ainda pode ser alcançado pelo Red Bull Brasil, que soma 12 e ainda joga nesta rodada. O Linense, com 17, é outro time que briga pela classificação, mas só tem mais um jogo restante. Do outro lado, o Corinthians foi a 21 pontos ganhos e não pode mais se classificar como melhor campanha do Paulistão. O posto, assim, fica com o rival Palmeiras, que tem cinco pontos a mais restando apenas uma rodada na competição. Na próxima e última rodada da fase de grupos, o São Paulo visita o São Bernardo, no Estádio Primeiro de Maio, enquanto o Corinthians recebe o Linense em Itaquera. Todos os jogos nesta rodada final ocorrem quarta-feira, às 21h45 (de Brasília).

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO 1 X 1 CORINTHIANS

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 25 de março de 2017, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Vinicius Furlan
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Eduardo Vequi Marciano
Cartões amarelos: SÃO PAULO: Cícero, Maicon, Araruna e Wellington Nem (2). CORINTHIANS Gabriel, Rodriguinho, Pablo, Jô e Maycon.
Cartão vermelho: SÃO PAULO: Wellington Nem.
Público: 51.869 total.
Renda total: R$ 1.356.420,00. Renda líquida: R$ 973.031,14.

GOLS: 
SÃO PAULO: Maicon, aos 4 minutos do 2T.
CORINTHIANS: Jô, aos 18 minutos do 2T.

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Araruna, Maicon, Rodrigo Caio e Junior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cícero; Wellington Nem, Luiz Araújo (Neilton) e Gilberto (Chavez).
Técnico: Rogério Ceni

CORINTHIANS: Cássio; Léo Príncipe, Balbuena, Pablo e Guilherme Arana (Moisés); Gabriel, Jadson, Rodriguinho (Camacho), Maycon e Pedrinho (Léo Jabá); Jô.
Técnico: Fábio Carille

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply