#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » Vadão é o novo técnico do Guarani

A quinta passagem de Osvaldo Alvarez pelo Guarani começa hoje às 17hrs em coletiva de apresentação no Estádio Brinco de Ouro da Princesa. Ele assume o Bugre para chegar ao acesso na série A2, onde atualmente a equipe é nona colocada, a três pontos do G4 e a partir de maio terá pela frente o Campeonato Brasileiro da série B. Ele substitui a Maurício Barbieri, que foi demitido nesta Quinta-feira após o empate com o Velo Clube, em casa, por 1 a 1. Barbieri teve seis jogos, com apenas uma vitória e 38℅ de aproveitamento. Vadão surgiu no início da década de 1990, quando ganhou notoriedade do meio futebolístico, pelo super-ofensivo time que montou no Mogi Mirim Esporte Clube, que na época ganhou o apelido de "Carrossel Caipira", em referência ao mítico time holandês, que encantou o mundo na Copa do Mundo de 1974. Em 2001, sagrou-se campeão do Torneio Rio-São Paulo pelo São Paulo Futebol Clube com um time repleto de jovens revelações, dentre os quais destacava-se o então garoto Kaká. Em setembro de 2007, assumiu o Vitória com o objetivo de conseguir o acesso a Série A do Brasileirão, que ocupava a sexta colocação da Série B até então. Com uma campanha razoável, o Vitória retornou à elite do futebol brasileiro com duas rodadas de antecedência. Vadão continuou no comando da equipe em 2008, porém, foi demitido em março pelas más exibições no Campeonato Baiano e na Copa do Brasil.
Em abril de 2009, acertou com o Guarani para a disputa da Série B. Com vinte e uma vitórias em trinta e oito partidas, o clube paulista garantiu o acesso à Série A do ano seguinte como vice-campeão da competição. No dia 10 de março de 2010, Vadão deixou o comando do Guarani e foi contratado pela Portuguesa em abril para tentar colocar novamente um clube na elite do futebol. No entanto, foi demitido em outubro devido à campanha irregular. Em julho de 2011, foi apresentado pelo São Caetano, clube pelo qual treinou em 2008 para o lugar de Márcio Goiano.
No dia 22 de dezembro de 2012, foi apresentado como novo comandante do Sport Club do Recife, com a prioridade de resgatar o bom futebol e tentar levar o time de volta a elite do futebol brasileiro. No dia 7 de março de 2013, Vadão foi demitido, a eliminação nas quartas-de-final da Copa do Nordeste somada ao mal desempenho do time no Pernambucano são os motivos que levaram a demissão de Vadão e não conseguiu resgatar o futebol que os torcedores do Sport esperaram. No Criciúma fez uma campanha, considerada boa pelos jornalistas, porém não aguentou diretores e cartolas e foi demitido, deixando saudades na torcida. Com um aproveitamento de quase 50%, desligou-se do clube conquistando o campeonato catarinense, esse título foi o décimo do tigre.Vadão ainda comandou o Criciúma na Copa Sul-Americana, levando o clube a voltar a disputar uma competição internacional, após 21 anos. Em 2 de fevereiro de 2014, assumiu mais uma vez o comando da Ponte Preta após a demissão de Sidney Moraes, para na sequência aceitar o convite para treinar a Seleção Brasileira Feminina, disputando as Olimpíadas do Rio de Janeiro, ficando em quarto lugar.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply