#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » A Chapecoense é campeã do turno catarinense, o torneio Sandro Pallaoro

Não poderia o returno catarinense ter ficado em melhores mãos. A taça leva o nome de Sandro Pallaoro, presidente do clube na viagem fatal a 71 pessoas quando a Chapecoense ia a Medellín para a final da Copa Sul-Americana. Que se escutem em todos os continentes, eis novamente a campeã Chapecoense. O Verdão do Oeste  dominou o Joinville na tarde deste sábado, na Arena Condá, venceu o rival por 2 a 0 diante da sua torcida e assegurou a conquista do returno do Campeonato Catarinense. De quebra, a equipe está classificada para a final do Estadual, que será disputada diante do Avaí, equipe que conquistou o primeiro turno.
Com uma rodada ainda a ser disputada no próximo final de semana, o time de Chapecó poderá descansar antes das finais, marcadas para os dias 30 de abril e 7 de maio. O primeiro duelo será na Ressacada, casa do Avaí, enquanto o segundo será na Arena Condá. Antes deles, o time tem os dois jogos diante do Nacional-URU, nos dias 17 e 25 deste mês, pelo Grupo 7 da Libertadores da América.
Em jogo sem grandes emoções na etapa inicial, coube a um lance inusitado movimentar o placar. Após lateral cobrado por Reinaldo ainda na intermediária ofensiva da Chape, a bola quicou na frente de Danrlei e fez com que o zagueiro furasse a cabeçada, dominando a bola com o braço na sequência. O árbitro Sandro Meira Ricci anotou a penalidade na hora. O próprio Reinaldo foi quem pegou a bola e deslocou o goleiro ao bater no canto esquerdo, abrindo o placar e comemorando bastante com os companheiros. Os donos da casa ainda tentaram ampliar a vantagem apostando nas bolas erguidas na área do adversário, mas o goleiro Matheus nem sequer precisou fazer grandes defesas para evitar que a vantagem fosse ampliada.
Com o adversário enfrentando bastante dificuldade para entrar na sua área, o time do técnico Vágner Mancini passou a valorizar a posse de bola no segundo tempo. Em poucos vacilos, como os de Apodi aos 16 e aos 27 minutos do segundo tempo, o goleiro Arthur Moraes apareceu bem para defender as tentativas de Fernandinho e Alex Ruan, respectivamente. Os visitantes passaram a sair com tudo e Rossi, aos 35, teve a chance de fazer o segundo, mas chutou para fora, cara a cara com o goleiro. Dois minutos depois, porém, Andrei Girotto invadiu a área pelo lado esquerdo e tocou por cobertura para Túlio de Melo pegar de primeira, enganar Matheus com o quique da bola e selar o 2 a 0, fazendo ecoar o grito de “campeão” no estádio.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply