#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » Estadual tem reviravolta e clube perde 16 pontos no STJD

O procurador do STJD, Felipe Bevilacqua, iniciou a sessão de julgamento nesta tarde pedindo punição severa por alegar que o BID precisa ser respeitado, independente do que está no regulamento do torneio. Abre Aspas: “O Boletim Informativo Diário é um marco que precisa ser respeitado. Entre 500 atletas, era o único atleta que não estava registrado no BID". A votação que durou aproximadamente 1h30 tinha em pauta, a escalação irregular do atacante Getterson, que atuou nas três primeiras rodadas do Campeonato Paranaense sem estar com o nome registrado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF pelo J. Malucelli. Ele ficou conhecido no futebol por uma passagem repentina pelo São Paulo de um dia, onde foi contratado e dispensado após a torcida descobrir postagens antigas do atleta ofendendo o clube. A decisão deste julgamento fez com que o Campeonato Paranaense sofresse uma enorme reviravolta. Em julgamento realizado nesta quinta-feira (6), o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) puniu por unanimidade o J. Malucelli, que está eliminado da competição, com a perda de 16 pontos, e, automaticamente dá lugar ao Rio Branco, que, de nono colocado, passa para o quarto lugar. Desta forma, os confrontos estão mantidos, com os resultados da semana passada, anulando apenas o duelo do Jotinha com o Londrina, que pegará o Leão da Estradinha em duas partidas.
Além disso, o Toledo também pode ser beneficiado, uma vez que pode escapar do rebaixamento. Caberá à Federação Paranaense de Futebol (FPF) definir se vai apenas tirar o J. Malucelli do mata-mata, ou se automaticamente o clube ficará com três pontos e, consequentemente, rebaixado com o PSTC para a Série B. O advogado de defesa do clube Marcelo Contini lembrou de outros casos em que houve suposta escalação irregular de jogador e o STJD acabou absolvendo o clube envolvido, como o próprio Rio Branco, terceiro interessado no caso, que em 2011 colocou em campo um atleta que foi registrado como outro e acabou levando a decisão do rebaixamento do Paranaense daquela temporada para o tapetão, com o Paraná Clube caindo.
Ao término da sessão, o STJD fez questão de ressaltar que a entidade não vai mexer em questão de rebaixamento, o que ficará a cargo da FPF, que ainda vai se reunir para definir qual medida tomar. Os confrontos ficaram: Paraná Clube (1º) x Atlético (7º), Coritiba (2º) x Cascavel (6º), Cianorte (3º) x Prudentópolis (5º) e Londrina (4º) x Rio Branco (8º). Assim, o primeiro jogo do novo duelo será neste domingo (9), em Paranaguá, e a volta na quarta-feira que vem (12), em Londrina. O campeonato ainda pode sofrer outras situações extra-campo que interfiram no resultado final.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply