#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » São Paulo vence Linense na primeira decisão do mês de Abril

O São Paulo iniciou neste Domingo a primeira de suas inúmeras decisões que terá neste mês de Abril e que devem traçar os caminhos para a temporada dos comandados de Rogério Ceni. A se julgar pelo nível técnico apresentado pelo Linense no gramado do Morumbi nesta tarde, as Quartas de Finais do Campeonato Paulista devem ser os confrontos com menor dificuldade para o Tricolor. Com um gol contra de Diego Felipe e outro no último minuto de jogo de Lucas Pratto, o São Paulo venceu com facilidade o Linense  por 2 a 0, chegando a segunda partida seguida sem sofrer gols, algo a ser festejado por quem foi vazado por tantas vezes nessa temporada. A partida que mesmo no Morumbi, era mando de campo do Linense, teve um jogo com amplo domínio do visitante São Paulo, em frente à um Linense recuado e jogando por apenas uma bola. Ela não veio e o Tri Campeão Mundial foi o primeiro clube dos grandes a vencer na primeira rodada das Quartas de Finais, jogando agora pelo empate ou mesmo por uma derrota por um gol de diferença na partida de volta no mesmo Morumbi, mas agora como mandante, para selar a classificação as Semifinais. O Tricolor ainda ultrapassou o Santos, que foi derrotado pela Ponte-Preta na tarde de Sábado, 01, na classificação geral do campeonato, com 23 pontos contra 22 da equipe da baixada.
A partida começou com o São Paulo estudando a nova formação do meio de campo do Linense, que optou por Thiago Santos no banco e causou em Ceni um mistério sobre o que viria. Nada veio. O Tricolor imprimiu uma posse de bola que chegou aos 70% e pressionava buscando um espaço para balançar as redes do time de Márcio Fernandes. Sem Cueva lesionado, o atacante Lucas Pratto ficou isolado no que mais gosta de fazer, que são as tabelas com o meia campista, então se restringiu a aproveitar os cruzamentos na área, que não vinham com muita inspiração e quando a bola chegava redonda era o argentino que mostrava pouca confiança nas jogadas, após resultados negativos que enfrentou nesta semana pela seleção argentina. As principais jogadas ficavam então pela linha lateral de campo nas boas tabelas entre Luis Araújo e Junior pela esquerda e Buffarini e Wellington Nem pela esquerda. Mas na primeira etapa o gol não veio, ficando para a segunda etapa a transformação dos bons números do Tricolor na primeira etapa em gols.
Na volta ao gramado, Rogério Ceni afirmou que estava satisfeito com os 70% de posse de bola e as 10 finalizações para o gol da sua equipe. E logo mais uma delas se transformaria em gol. Aos cinco minutos, após intensa pressão inicial, Buffarini abriu a jogada na ponta esquerda de ataque para Rodrigo Caio, ele tocou a bola buscando joga-la na pequena área, mas antes Diego Felipe cabeçeou sem intenção, para desviar a menina do goleiro Vitor e ter a infelicidade de marcar o gol contra que abriu o placar no Morumbi. A pressão do São Paulo seguiu e outras boas chances de gol rondaram a área do Linense, mas nenhuma com extrema efetividade. Após a saída de Luis Araújo para a entrada do estreante Thomaz, o time caiu de rendimento pela perda de jogadas pelas pontas e o desentrosamento no novato com os companheiros de equipe. Amarelado, Buffarini deu lugar ao jovem Araruna, que voltou a lateral direita, onde foi bem durante a partida contra o São Bernardo. Nem o jovem deu uma cara nova ao que se tornaram os minutos finais. Foi tocando a bola pelo meio de campo sem objetividade que os São Paulinos viram a expulsão de Maycon, do Linense, após levar o segundo cartão amarelo. A terceira substituição do Tricolor foi aos 47 minutos da segunda etapa, quando o jogo parecia ter contornos finais e apenas para que o tempo passasse. Mas Shaylon entrou, passou pela ponta esquerda de ataque, recebendo um toque de bola preciso, cruzou para a área, onde Cícero se esticou para que a ponta dos pés tocasse na bola encontrando o goleiro Vitor atento para uma grande defesa e um pecador rebote. Pratto não se perdoaria se saísse do Morumbi com tantas oportunidades perdidas, então testou a menina para o fundo das redes do Linense e enfim dar números finais a vitória do São Paulo.
Os pouco mais de 15 mil pagantes presentes no Morumbi nesta tarde viram que a primeira das etapas que o São Paulo precisaria passar vai se desenhando como uma das mais simples, mas ainda restarão outros embates mais perigosos, como nas Semifinais do Campeonato Paulista, com adversário ainda desconhecido e na Copa Sul-Americana contra o Defensa y Justiça, da Argentina e principalmente pela Copa do Brasil contra o invicto na temporada Cruzeiro. Passos importantes já foram dados, mas o São Paulo esta ainda no começo de uma grande e longa jornada.

FICHA TÉCNICA:
LINENSE 0 X 2 SÃO PAULO

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 2 de abril de 2017, domingo
Horário: 16h (de Brasília)
Árbitro: Leandro Bizzio Marinho
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse e Danilo Simon Manis
Público: 15.480 torcedores
Renda: R$ 396.216,00
Cartão Amarelo: Maycon, Diego Felipe e Thiago Carleto (Linense); Buffarini (São Paulo)
Caretão Vermelho: Maycon (Linense)
Gols: Diego Felipe (contra), aos 4 minutos do 2º tempo ; Lucas Pratto, aos 48 minutos do 2º tempo

LINENSE: Victor Golas; Bruno Moura, Rodrigo Lobão, Caíque e Pio; Thiago Carleto (Bruno Costa), Maycon, Diego Felipe (Tatá), Zé Antônio e Thiago Humberto (Thiago Santos); Gabrielzinho. Técnico: Márcio Fernandes

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Buffarini (Araruna), Maicon, Rodrigo Caio e Junior Tavares; Jucilei, Thiago Mendes e Cícero; Wellington Nem (Shaylon), Luiz Araújo (Thomaz) e Lucas Pratto. Técnico: Rogério Ceni

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply