#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Botafogo supera o Treze e é campeão Paraibano

O Botafogo é o campeão paraibano de 2017 após empate por 1 a 1 com o Treze, neste domingo, no Almeidão. O Campeão entrou em campo podendo perder até por um gol de diferença, uma vez que havia vencido o jogo da ida por 3 a 2, em Campina Grande. O Galo saiu na frente com gol de Dico. O Bota empatou com o artilheiro Rafael Oliveira. Jogo tenso, com briga entre os jogadores, três expulsões, grandes defesas, estádio lotado. a final do Paraibano desta temporada teve contornos dramáticos.
O Treze era mais perigoso e em duas cobranças de falta Marcelinho Paraíba criou dificuldades para o goleiro Michel Alves. Em uma cobrança de escanteio o Galo transformou a superioridade em gol. Aos 23 minutos, Marcelinho Paraíba cobrou escanteio da direita, a defesa botafoguense cochilou e Dico, sozinho na pequena área, só encostou o pé direito na bola para mandar para o fundo da rede, abrindo o placar no Almeidão. O Belo já havia perdido Fernandinho por lesão, e Itamar Schulle, insatisfeito com o rendimento da equipe, tirou Jadson, que já tinha cartão amarelo, para colocar Fernandes. O camisa 6 começou a jogada pela esquerda e encontrou Marcinho, que veio cortando para o meio e encontrou Rafael Oliveira no meio da área. Com frieza, o artilheiro do Brasil esperou a saída do goleiro Diego e tocou no canto esquerdo para empatar o jogo aos 30 minutos.
Aos 7 minutos da segunda etapa, Val fez falta em Patrick Mota, recebeu o segundo amarelo e foi para o chuveiro mais cedo. Aos 12 minutos, o Galo veio pela esquerda com Jefferson Sandes. Ele fez boa jogada com Dico, saiu na cara de Michel Alves e chutou, mas com o pé o arqueiro botafoguense fez uma defesa espetacular e evitou o segundo gol alvinegro. Aos 30 minutos, o zagueiro Fernando Lopes, do Treze, e o atacante Rafael Oliveira, do Botafogo-PB, se desentenderam e o árbitro Renan Roberto deu cartão vermelho para os dois. Aos 48, Marcelinho Paraíba cobrou falta da intermediária, Michel Alves fez grande defesa, e no rebote, Roger Gaúcho, na pequena área, chutou, mas o camisa 1 do Belo salvou de novo, ignorando o impedimento marcado pelo auxiliar Oberto Santos. Aos 50, Renan Roberto apitou e o Botafogo-PB pela 29º pintou a Paraíba com as suas cores.

FICHA TÉCNICA 

Botafogo-PB x Treze (agregado
Campeonato Paraibano 2017 (segundo jogo da final)
Estádio: Almeidão (João Pessoa)

Arbitragem: Renan Roberto; Oberto Santos e José Maria Neto

Gols: Rafael Oliveira (B); Dico (T)
Cartões amarelos: Val, Jadson, Plínio (B); Jefferson Sandes, Rael, Jean Carlo, Patrick Mota (T)
Cartão vermelho: Val, Rafael Oliveira(B); Fernando Lopes (T)

Botafogo-PB: Michel Alves, Lito, Bruno Maia, Jadson (Fernandes); Djavan, Sapé,Val, Marcinho (André Santos); Fernandinho (Wanderson), Rafael Oliveira. Técnico: Itamar Schulle.

Treze: Diego, Ferreira, Fernando Lopes, Ítalo, Jefferson Sandes; Robson (Jean Carlo), Dedé (Roger Gaúcho), Patrick Mota, Marcelinho Paraíba; Dico, Edinho (Rael). Técnico: Celso Teixeira.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply