#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Corinthians vence Universidad de Chile e se classifica na Sul-Americana


O Corinthians jogou na noite desta quarta-feira, no Estádio Nacional, em Santiago, no Chile e voltou a vencer a Universidad de Chile, desta vez por 2 a 1, e avançou para a segunda fase da Copa Sul-Americana. O adversário da próxima fase ainda não está definido, já que a primeira jornada ainda terá jogos no final deste mês e precisa esperar a definição dos oito terceiros colocados da fase de grupos da Libertadores da América, que ganharão uma segunda oportunidade no torneio. O mais provável é que essa próxima disputa ocorra entre junho e julho. Dessa forma, o Timão agora se foca no Campeonato Brasileiro, que se inicia no sábado, às 19h (de Brasília), no estádio de Itaquera, contra a equipe da Chapecoense. Do outro lado, os chilenos, que ocupam a segunda colocação no Chileno, têm um duelo importante na briga pelo título do Clausura, no domingo, contra o O’Higgins, fora de casa.
No primeiro tempo, depois de levar um susto com duas faltas perigosas para os donos da casa nos primeiros minutos, ambas batidas sem precisão pelo zagueiro Jara, o Alvinegro achou uma brecha para criar seus lances. Em investida pela direita de Léo Príncipe, a bola rodou até achar Jadson, no mano a mano com o defensor. O camisa 10 esperou a passagem de Guilherme Arana pela esquerda, trouxe para o pé direito e bateu colocado, no canto direito. Johnny Herrera nem pulou e viu a bola bater na trave. Cássio teve a missão de segurar a cabeçada de Mora, aos 15, e um potente chute de Ontivero, aos 29 minutos, para manter o zero no placar. Após cobrar falta no campo de defesa, Jô disputou com os zagueiros, não encostou na bola e ela ficou com Rodriguinho. O meia dominou com perfeição na intermediária, encarou a marcação de Rodríguez e Vilches, invadiu a área e bateu de esquerda, sem chances para Herrera.
Pizarro, ex-jogador da Inter de Milão, entrou na equipe chilena e viu de perto mais um ataque do Timão. Com a escapada que surgiu por meio de toques no lado direito, Rodriguinho saiu com muito espaço para atacar. O meia, então, tabelou com Jô, ainda na entrada da área, e saiu cara a cara com Johnny Herrera. O armador demorou um pouco para chutar e foi travado por Vilches. A bola, então, sobrou para Jô, que, mesmo dentro da área, teve a calma para rolar de lado e dar o gol para Jadson. Beausejour deu um “rolinho” em cima de um desesperado Paulo Roberto, afobado na marcação, e cruzou na medida para Mora. O centroavante cabeceou e Cássio, desequilibrado, não conseguiu defender. O gol de honra do confronto saiu. Paulo Roberto pareceu nervoso pelo drible que levou no gol e deu ao menos mais duas chances claras para os rivais. No fim, Jara e Reyes ainda foram expulsos, facilitando o triunfo.

UNIVERSIDAD DE CHILE 1 X 2 CORINTHIANS

UNIVERSIDAD DE CHILE
Johnny Herrera; Rodríguez, Vilches, Jara e Beausejour; Reyes, Ontivero (Pizarro), Espinoza (Schultz), Lorenzetti (Ubilla) e Benegas; Mora
Técnico: Guillermo Hoyos

CORINTHIANS
Cássio; Léo Príncipe (Paulo Roberto), Balbuena, Pedro Henrique e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon, Jadson (Camacho), Rodriguinho e Romero (Clayton); Jô
Técnico: Fábio Carille

Local: Estádio Nacional, em Santiago (Chile)
Data: 10 de maio de 2017, quarta-feira
Árbitro: Daniel Fedorczuk (Uruguai)
Assistentes: Richard Trinidad e Carlos Pastorino (ambos do Uruguai)
Cartões amarelos: Espinoza, Jara, Rodríguez, Beausejour (U. de Chile); Romero (Corinthians)
Cartões vermelhos: Reyes e Jara (U. de Chile)
GOLS: Rodriguinho, 37min do 1ºT; Jadson, 11, e Mora, aos 19min do 2ºT

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply