#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » Extra Futy: O caso de racismo contra Muntari dos "idiotas" italianos

Mais um triste caso de racismo abala o futebol mundial. O presidente da Fifa, Gianni Infantino, disse que pretende conversar com o meio-campista do Pescara Sulley Muntari, que foi vítima de racismo no futebol italiano, e prometeu lutar contra os "idiotas" racistas. Muntari foi punido com um cartão por reclamar de ofensas racistas durante uma partida contra o Cagliari e subsequentemente suspenso, embora a suspensão o tenha sido anulada mais tarde. Em protesto, o jogador de Gana saiu de campo nos minutos finais do jogo.
Infantino disse a repórteres que pretende falar com Muntari e prestar a "solidariedade total" da Fifa. O dirigente ainda disse que irá debater o assunto com o presidente da Federação Italiana de Futebol, Carlo Tavecchio. "Claro que irei falar com Tavecchio, irei falar com Muntari também... iremos trabalhar juntos", afirmou Infantino, que está no Bahrein para o Congresso da Fifa, que começa na quinta-feira.
Indagado sobre o que poderia ser feito sobre a questão, Infantino respondeu: "Lutar. Continuar a lutar. É bom trazer essas coisas a público quando acontecem. Temos que trabalhar. Temos que trabalhar nas pessoas". Infantino disse que o protocolo, estabelecido pela Uefa na Europa, de uma série de anúncios nos estádios que podem levar à interrupção dos jogos, deveria ser aplicado. "Infelizmente idiotas, sempre há idiotas em todo lugar, mas temos que combatê-los", disse.
Muntari disse que reclamou porque partes do público, inclusive um grupo de crianças, lhe dirigiu ofensas racistas desde o início da disputa com o Cagliari no dia 30 de abril. Segundo ele, a Fifa e Uefa não estão encarando a questão do racismo seriamente.

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply