#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » Nos pênaltis, Cruzeiro é eliminado pelo Nacional da Sul-Americana

O Cruzeiro foi eliminado pelo Nacional do Paraguai no estádio Defensores Del Chaco na noite desta Quarta-feira, 10. No tempo normal, a Raposa foi derrotada por 2 a 1, mesmo placar do jogo de ida e que levou a decisão para as penalidades, vencidas pelos paraguaios por 3 a 2. Na Segunda Fase da Sul-Americana, o Nacional ainda não sabe quem vai enfrentar. A Conmebol aguarda que todos os times estejam classificados para realizar o sorteio. Até agora, Nacional Potosí-BOL, Ponte Preta e Deportivo Cali-COL estão na próxima fase.
Ábila teve uma boa chance antes dos cinco minutos, mas errou o alvo. Com mais posse de bola no início e sem dar espaço ao time paraguaio, não demorou para a Raposa abrir o placar. Depois de uma cobrança de falta, a bola sobrou para Diogo Barbosa, que levantou na área. A bola desviou na zaga do Nacional e sobrou limpa para Thiago Neves, aos 11 minutos, marcar o primeiro gol do jogo. Aos 16 minutos, o lateral Mayke praticamente entregou o gol ao Nacional. O jogador tentou dominar a bola dentro da pequena área, errou e deixou limpa para Villagra estufar as redes de Rafael, que nada pôde fazer.
O segundo tempo começou com antes dos cinco minutos três jogadores já sendo amarelados, dois do Nacional e o zagueiro Léo, do Cruzeiro. Bareiro fez boa jogada pela direita e, na linha de fundo, chutou forte para dentro da área. A bola passou por tudo mundo e saiu do outro lado sem que ninguém completasse para o gol. Melhor na partida, o time paraguaio contou com a estrela do artilheiro para virar o jogo. Núñez roubou a bola e colocou na cabeça de Adam Bareiro que, livre de marcação, completou para o gol aos 17 minutos. Rafael ainda tocou na bola, que acertou a trave antes de parar no fundo das redes. Mano Menezes até tentou mexer no time colocando Alison e Fabrício, mas não adiantou. A situação piorou quando o zagueiro Léo fez uma falta, recebeu o segundo amarelo e o vermelho. Com 15 minutos faltando para o fim do jogo, o treinador cruzeirense fechou o time tirando Ábila e colocando o zagueiro Dedé. Mas a decisão foi mesmo para os pênaltis. O Nacional começou errando com Salgueiro, que chutou por cima do gol. O Cruzeiro teve a chance de ficar na frente, mas Alisson chutou e Santiago Rojás fez a defesa. O próprio goleiro paraguaio bateu e converteu a segunda cobrança. Com categoria, Henrique marcou o primeiro da Raposa, igualando em 1 a 1. Depois foi a fez de Hermínio Miranda e Hudson também marcarem, deixando a decisão em 2 a 2. Na quarta cobrança, novamente os dois times erraram. Walter Rodríguez chutou por cima, enquanto Fabrício acertou a trave. Na última cobrança, Dávalos marcou para o Nacional, mas Arrascaeta teve o chute defendido por Rojás: 3 a 2 e Nacional classificado.

FICHA TÉCNICA

Nacional-PAR 2 x 1 Cruzeiro-BRA

Data: 10/05/2017
Horário: 19h15
Local: Defensores Del Chaco - Assunção -
Árbitro: Gustavo Murillo (COL)
Assistentes: Eduardo Díaz (COL) e Humberto Clavijo (COL)

Cartões Amarelos
Nacional-PAR: Adam Bareiro, Paniagua, Santana, Rodrigo Rojo
Cruzeiro-BRA: Mayke, Luis Caicedo, Léo, Thiago Neves, Lucas Romero, Rafinha

Cartões Vermelhos
Cruzeiro-BRA: Léo

Gols
Nacional-PAR: Villagra 18' 1T, Adam Bareiro 17' 2T
Cruzeiro-BRA: Thiago Neves 11' 1T

Nacional-PAR
Santiago Rojas; Dávalos, Hermínio Miranda, Jacquet e Rodrigo Rojo;
Santana (Walter Rodríguez), Paniagua, Francisco García (José Núñez) e Villagra (Freddy Bareiro); Salgueiro e Adam Bareiro
Técnico: Roberto Torres

Cruzeiro-BRA
Rafael; Mayke, Léo, Luis Caicedo e Diogo Barbosa (Fabrício); Hudson, Henrique, Rafinha, Arrascaeta e Thiago Neves (Alisson); Ábila (Dedé)
Técnico: Mano Menezes

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply