#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » O CRB é o campeão Alagoano de 2017

O CRB é tricampeão alagoano. O confronto que consagrou a equipe regatiana foi no Estádio Rei Pelé, onde o Galo voltou a vencer o CSA, desta vez por 3x2, e levantou a taça Abílio Alves, fazendo a festa no Trapichão. Finalista pela sexta vez consecutiva, o Galo marcou com Adalberto, Maílson e Neto Baiano, enquanto Celsinho e Daniel Costa descontaram para o CSA, ainda no primeiro tempo. Agora, CRB e CSA já começam a voltar suas atenções para o Campeonato Brasileiro, com estreias já neste final de semana. Pela Série B, o Galo vai receber o Ceará na próxima sexta-feira (12), enquanto o Azulão CSA vai encarar o ASA, domingo (14), também no Rei Pelé, iniciando sua participação na Série C. 
Quem saiu à frente no placar foi o CRB, e logo aos 10 minutos, com o zagueiro Adalberto - substituto de Flávio Boaventura, suspenso - aproveitando cobrança de escanteio e cabeceando sem chance para o goleiro Mota: 1x0. O CSA chegou ao empate, aos 16 minutos, com Celsinho, também de cabeça. O lateral recebeu cruzamento de Thiago Potiguar - que voltava de suspensão - e testou, nas costas da zaga, no canto esquerdo do goleiro Juliano, deixando tudo igual no Trapichão: 1x1. Aos 18, o lateral Diego cruzou, a zaga do CSA não afastou e Danilo Pires pegou a sobra, servindo Maílson. Livre de marcação, o atacante regatiano cabeceou sem precisar sair do chão e recolocou o Galo na frente: 2x1. O CRB ampliou a vantagem, já aos 32 da primeira etapa, quando o atacante Neto Baiano recebeu dentro da área, venceu o zagueiro Thales e mandou de voleio para o fundo da rede, assinalando um belo gol: 3x1. Aos 34, o CSA voltou a marcar, desta vez em lance de bola parada. Em cobrança de falta ensaiada, o meia Daniel Costa chutou encobrindo a barreira, acertando o ângulo superior direito do goleiro Juliano e reacendendo a esperança da torcida azulina, que lotou o Rei Pelé: 3x2.
Na segunda etapa, no CSA, Jeam entrou no lugar do também atacante Vanger, enquanto Neto Baiano foi substituído por Emaxwell, outro atacante do CRB. Aos 20 minutos, foi a vez do volante regatiano Jorginho substituir Adriano, enquanto o lateral azulino Rafinha saiu para a entrada do meia Cleyton. Três minutos depois, foi Maílson quem deu lugar ao atacante Elias, na última mudança processada pelo técnico Léo Condé. O CSA seguiu pressionando, mas sem criar o bastante, limitando-se às bolas alçadas na área. Tanto que o técnico Oliveira Canindé resolveu improvisar no ataque para tentar novo gol pelo alto, quando trocou Thiago Potiguar, já cansado, pelo zagueiro Leandro Souza, utilizado como centroavante. Quase veio o empate em chute de Emaxwell e defesa em dois tempos do goleiro Mota, depois em oportunidade do volante Dawhan, que chutou rasteiro de fora da área e viu a bola acertar o poste direito de Juliano e ainda aos 36, e finalmente quando Cleyton cabeceou e viu o goleiro fazer grande defesa, com a bola acertando o travessão antes de Adalberto fazer o corte. O árbitro Anderson Daronco (Fifa/RS) encerrou a partida aos 50 minutos para alegria dos torcedores do CRB, que viram a vitória ser mantida e puderam soltar o grito de "É CAMPEÃO"!

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply