#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » A Maré Tá Cheia: Corinthians goleia Vasco em finalizações precisas

O Corinthians, na noite desta quarta-feira, goleou o Vasco, em São Januário, por 5 a 2. O Timão abriu o placar no seu primeiro ataque e ampliou a vantagem pouco antes do intervalo. Na volta, porém, levou o empate em um minuto e quase viu os donos da casa virarem o placar. Mais inteiro fisicamente, no entanto, viu Maycon e Clayton, duas vezes, selarem uma difícil goleada por 5 a 2 em São Januário. Com o resultado, os corintianos chegaram a 13 pontos conquistados e assumiram a liderança provisória do Campeonato Brasileiro. O clube agora torce contra a Chapecoense, que enfrenta o Grêmio nesta quinta, às 19h30 (de Brasília), em Chapecó. O Vasco, por sua vez, perdeu a terceira na competição e estacionou nos seis pontos conquistados. Na próxima rodada, os comandados de Fábio Carille terão pela frente o clássico contra o São Paulo, no domingo, às 16h (de Brasília), no estádio de Itaquera, o segundo duelo contra rivais estaduais da competição. Os comandados de Milton Mendes, que voltarão a ter o treinador em seu banco de reservas, recebem o Sport, no sábado, às 19h, novamente em São Januário.
Na primeira disputa de bola que teve, Kelvin caiu de mal jeito e torceu o joelho esquerdo, sendo substituído por Manga Escobar. Antes que o colombiano entrasse, porém, o Timão soube capitalizar a superioridade numérica: bela troca de passes, que começou com Jadson na direita e terminou com Guilherme Arana recebendo de Clayson. O lateral cruzou rasteiro e achou Marquinhos Gabriel livre para abrir o placar. O Vasco então, subiu suas linhas, pressionou o adversário e apostava em descidas pelas pontas que resultavam em escanteios. Nos dois melhores, Paulão e Luis Fabiano tiveram uma pequena liberdade para cabecear, mas ambos não pegaram bem na bola e mandaram para fora. Aos 39, em bola roubada por Pedro Henrique, Marquinhos Gabriel recebeu do zagueiro, ainda no campo de defesa, carregou por alguns metros e deu passe em profundidade para Jô. O centroavante, mostrando boa velocidade, ganhou de Paulão, driblou Martín Silva e tocou para o gol vazio.
Para o segundo tempo, os mandantes voltaram com Nenê no lugar do lateral Gilberto, recuando Yago Pikachu para o setor defensivo, e conseguiram diminuir a desvantagem logo de cara, quando Nenê roubou de Arana e sofreu falta. O próprio armador cobrou e achou Luis Fabiano para testar à rede. No minuto seguinte, Pablo recebeu passe logo na saída de bola e, sem saber o que fazer, chutou a bola para a lateral. Na cobrança, o lateral esquerdo Henrique recebeu e cruzou para Luis Fabiano. O centroavante antecipou o mesmo Pablo, a bola ainda bateu no seu braço e foi no canto esquerdo, sem chances para Cássio.O Corinthians reagiu quando Clayson aproveitou desatenção da defesa e achou Maycon, livre dentro da área. O volante tocou devagar, por baixo do goleiro, e fez o terceiro. O gol e a pressão intensa dos minutos iniciais fizeram os vascaínos se cansarem e o Timão ainda conseguiu finalizar a goleada com Clayton, que cabeceou livre após cruzamento de Jô, aos 39, e chutou de primeira bola de Paulo Roberto, aos 47. Uma resposta aos críticos das vitórias magras do Corinthians, que nesta noite ganhou e deixou a maré cheia de alegria.

FICHA TÉCNICA
VASCO 2 X 5 CORINTHIANS

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 7 de junho de 2018 (Quarta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Wagner Reway (Fifa-MT)
Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho e Marcelo Grando (ambos do MT)
Cartões amarelos: Clayson, Pablo, Gabriel (Corinthians)
Gols:
VASCO: Luis Fabiano, a um e dois minutos do segundo tempo
CORINTHIANS: Marquinhos Gabriel, aos três, Jô, aos 39 minutos do primeiro tempo, Maycon, aos 14, e Clayton, aos 39 e aos 47 minutos do segundo tempo

VASCO: Martín Silva; Gilberto (Nenê), Breno, Paulão e Henrique; Jean (Muriqui), Douglas, Yago Pikachu, Matheus Vital e Kelvin (Manga Escobar); Luis Fabiano
Técnico: Milton Mendes

CORINTHIANS: Cássio; Paulo Roberto, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Camacho, Marquinhos Gabriel (Clayton), Jadson (Giovanni Augusto) e Clayson (Pedrinho); Jô
Técnico: Fábio Carille

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply