#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » » » Argentina vence Brasil, quebrando invencibilidade de Tite

O Amistoso Internacional contra a Argentina teve a primeira transmissão da CBF TV, que retransmitiu o sinal para duas emissoras estatais de televisão, a TV Brasil, ligada ao governo federal e a TV Cultura, ligada a fundação Padre Anchieta, do governo do estado de São Paulo, um site, o UOL, e ainda uma rede social, o Facebook. A repercussão da partida sem a transmissão da TV Globo, parceira da CBF nas principais transmissões das últimas décadas, foi refletida em traços de audiência alcançado pelas emissoras (cerca de 3 pontos de média a TV Cultura por exemplo), mas parece não ter afetado as redes sociais, onde o Twitter tinha no país, a partida disparadamente entre os assuntos mais comentados. Em campo, Tite conheceu a primeira derrota. E foi logo para a Argentina, no amistoso disputado em Melbourne, na Austrália. Tudo bem que o confronto foi para testes visando à Copa do Mundo, com mais da metade dos titulares do Brasil nem sendo convocados, mas o fato é que os argentinos, na estreia do técnico Jorge Sampaoli, venceram o Brasil por 1 a 0, gol de Mercado. A última vitória da Argentina sobre o Brasil tinha sido em 2012, no Superclássico das Américas, quando ambas as seleções só usaram jogadores que atuavam nos respectivos países Na terça-feira, a Seleção Brasileira volta à ação, ainda na Austrália, contra o time nacional dono da casa.
No primeiro tempo, a Argentina colocou uma bola na trave brasileira com menos de cinco minutos, quando Di María aproveitou um espaço nas costas de Fagner. Sampaoli, tal qual aconteceu quando Tite assumiu o Brasil, mudou drasticamente na comparação com o que era visto com Paton Bauza. O Brasil até teve chances de marcar, especialmente em uma ocasião em que Willian conseguiu escapar em velocidade. Foi com a bola aérea que os argentinos abriram o placar, aos 44 minutos. Mercado, livre, livre, aproveitou o rebote de uma cabeçada que foi na trave e fez a alegria albiceleste.
Na segunda etapa, a Seleção Brasileira ficou mais intensa, trocou passes e criou chances. Gabriel Jesus chegou a driblar Romero e, com Mercado deslizando, acertou a trave. Na sequência da jogada, Willian também acertou o poste. Tite tirou Renato Augusto e colocou Douglas Costa, mudando o papel tático de Coutinho, deixando-o mais centralizado. Foi uma troca do 4-1-4-1 para o 4-2-3-1. Com as alterações seguidas, o jogo acabou esfriando. Cenário ideal para a Argentina segurar o placar e confirmar a vitória.  

BRASIL 0 X 1 ARGENTINA
Local: Estádio Melbourne Cricket Ground, em Melbourne (AUS)
Data/Hora: 9/6/2017, às 7h05, de Brasília
Árbitro: Christopher Beath (AUS)
Assistentes: Nathan McDonald e Paul Cetrangolo (AUS)
Cartões amarelos: Paulinho, Rafinha (BRA); Maidana (ARG)
Gols: Mercado, 44'/1ºT (0-1)
Público presente: 95.569 pessoas

BRASIL: Weverton, Fagner (Rafinha, 27'/2ºT), Thiago Silva, Gil e Filipe Luís; Fernandinho; Paulinho (Giuliano, 35'/2ºT), Renato Augusto (Douglas Costa, 20'/2ºT), Coutinho e Willian; Gabriel Jesus (Taison, 46'/2T). Técnico: Tite

ARGENTINA: Romero, Maidana, Otamendi e Mercado (Mammana, 29'/2ºT) (Tagliafico, 7'/2ºT); Gómez, Biglia, Banega (Lanzini) e Di Maria; Dybala (Guido Rodríguez, 23'/2ºT), Messi e Higuaín (Correa, intervalo). Técnico: Jorge Sampaoli

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply