#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » Corinthians 2 x 0 Santos: A Fiel acredita em você Romero!

Na noite deste sábado, o Corinthians venceu o Santos por 2 a 0 em Itaquera. Os gols de Romero e Jô – Rodriguinho e Pedro Henrique também colocaram a bola na rede, mas a arbitragem assinalou impedimento – asseguraram a liderança isolada do Campeonato Brasileiro à equipe campeã paulista. Ao menos por um dia. Com 10 pontos ganhos, o Corinthians deixou para trás Cruzeiro e Chapecoense, que também iniciaram a quarta rodada com 7 e irão se enfrentar no domingo, no Mineirão. Coritiba e Fluminense, vitoriosos diante de Atlético-PR e Vitória respectivamente, neste sábado, têm 9 cada. Em situação complicada, o Santos soma apenas 3 e está próximo da zona de rebaixamento. Corinthians e Santos voltarão a campo pelo Campeonato Brasileiro na quarta-feira à noite. O time da capital paulista visitará o Vasco em São Januário, e o do litoral buscará a reabilitação contra o Botafogo no Pacaembu.
O Santos chegou aos seis minutos, quando Pablo furou feio em um cruzamento vindo da direita. A bola ficou nos pés de Bruno Henrique, que chutou em cima de Pedro Henrique. Aos 16 minutos, Jô apareceu livre do lado esquerdo da área e rolou para trás. A zaga cortou antes que Rodriguinho pudesse concluir a jogada. Copete foi escalado na lateral esquerda e o atacante colombiano foi iludido mais de uma vez por dribles de corpo de Fagner e ainda contava com pouco apoio defensivo de Bruno Henrique. O Santos se apegou aos contra-ataques para surpreender o rival. Bruno Henrique se provou uma boa opção para avançar em velocidade pela esquerda, mas o apagado Vladimir Hernández estava longe de acompanhar o ritmo pelo meio. Pela direita, Vitor Bueno quase abriu o placar aos 28, quando correu entre os zagueiros corintianos e esbarrou em uma saída de gol providencial de Cássio. Aos 40, Fagner inverteu o jogo para a esquerda, e Victor Ferraz deixou a bola passar. Rodriguinho dominou e soltou o pé – foi o primeiro chute do Corinthians na direção do gol –, parando em defesa de Vanderlei. Três minutos mais tarde, o lateral direito santista tentou se redimir com uma conclusão de primeira. A bola passou perto da meta.
Aos cinco minutos da etapa complementar, Maycon reclamou de dores e cedeu lugar a Camacho. O Corinthians se lançou ao ataque e teve dois gols anulados em menos de cinco minutos. Aos 11, Rodriguinho completou para dentro em posição irregular. Aos 15, Pedro Henrique cabeceou para a rede, mas o assistente considerou que Romero, impedido, atrapalhou a ação de Vanderlei. Dorival trocou o apático Hernández por Rafael Longuine. Aos 24 minutos, Jô desviou a bola de cabeça depois de levantamento de Fagner, e Romero se esticou para finalizar cruzado, premiando a boa apresentação do seu time no segundo tempo. O artilheiro de Itaquera aumentou a sua marca para 19 gols no estádio e saiu vitorioso em uma semana que merece ser contada pela chateação que o paraguaio sentiu e uniu o grupo em torno de si.
O episódio que chateou Romero ocorreu em entrevista concedida à "TV Globo". Em reportagem com o programa Esporte Espetacular, o paraguaio errou um domínio com o peito em bola jogada pelo apresentador Felipe Andreoli - no lance, porém, o paraguaio acusou que o microfone atrapalhou. Em tentativas seguintes, sem o empecilho, Romero acertou domínio até com bolinha de tênis. Mesmo assim, o lance errado foi ao ar e se espalhou por WhatsApp e internet de um modo geral. A situação fez com que o paraguaio, segundo fontes do Corinthians, ficasse extremamente chateado e optasse por não conceder mais entrevistas. Dias antes, um vídeo em que Romero xingava um amigo de brincadeira e dizia "você não acreditou em mim" também se espalhou. A publicação foi cortada e omitia a parte em que o paraguaio se comunicava com o colega. Ficou a impressão de que se tratava de um recado geral à torcida, o que não condizia com a verdade. Hoje a Fiel pode dizer o quanto acredita no seu atacante.
Aos 29 minutos, Jô girou muito bonito dentro da área do Santos, no ar, para aproveitar a bola ajeitada por Rodriguinho e superar Vanderlei. Carille ainda trabalhou substituindo Jadson por Clayson. No Santos, Ricardo Oliveira e David Braz haviam deixado o gramado da Zona Leste paulistana para as entradas de Rodrigão e Yuri. Com eles, as esperanças de Dorival se foram de vez após uma cotovelada de Bruno Henrique, punido com a expulsão, em Romero.

FICHA TÉCNICA
CORINTHIANS 2 X 0 SANTOS

Local: Estádio de Itaquera, em São Paulo (SP)
Data: 3 de junho de 2017, sábado
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Anderson Daronco (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS)
Público: 40.169 pagantes (total de 40.436)
Renda: R$ 2.110.601,50
Cartão amarelo: Vitor Bueno (Santos)
Cartão vermelho: Bruno Henrique (Santos)
Gols: CORINTHIANS: Romero, aos 24, e Jô, aos 29 minutos do primeiro tempo

CORINTHIANS: Cássio; Fagner, Pedro Henrique, Pablo e Guilherme Arana; Gabriel, Maycon (Camacho), Jadson (Clayson), Rodriguinho (Fellipe Bastos) e Romero; Jô
Técnico: Fábio Carille

SANTOS: Vanderlei; Victor Ferraz, Lucas Veríssimo, David Braz (Yuri) e Copete; Renato, Thiago Maia e Vladimir Hernández (Rafael Longuine); Vitor Bueno, Ricardo Oliveira (Rodrigão) e Bruno Henrique
Técnico: Dorival Júnior

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply