#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » São Paulo é derrotado pela Ponte-Preta em Campinas

Na tarde desse domingo, o São Paulo, no estádio Moisés Lucarelli, foi derrotado pela Ponte Preta, que com gol de Lucca, venceu o Tricolor por 1 a 0 e arrancou os três pontos nessa quarta rodada do Brasileirão. O revés faz o Tricolor cair três posições na tabela de classificação. Com seis pontos, o time da Capital é apenas o nono colocado. Já a Macaca sobe seis posições e, pelo menos por enquanto, fica em quinto lugar, com sete pontos ganhos.
Quando a bola rolou, o São Paulo começou melhor, ditando o ritmo do confronto, enquanto os donos da casa preferiam manter uma obediência tática mais cautelosa para sair apenas em contra ataque. Gilson Kleina surpreendeu com a entrada de Nino Paraíba no meio de campo, afim de que o lateral de origem substituísse alguns lesionados, entre eles Fernando Bob, que durante a semana esteve envolvido em uma negociação mal sucedida com o São Paulo. Lucas Pratto em jogada parecida com o gol que realizou contra o Palmeiras, recebeu um bom lançamento pela direita de campo e apenas não repetiu o feito por uma boa saída do gol de Aranha. Na próxima rodada, O Tricolor recebe o Vitória, quinta-feira, no Morumbi, às 19h30. Já a Ponte visita o Atlético-GO, em Goiás, no mesmo dia e horário.
A partida foi decidida aos cinco minutos da etapa final, quando Rodrigo Caio cochilou ao voltar lentamente à linha de impedimento de seus companheiros e deu condição a Lucca, que com liberdade nas costas de Maicon, fuzilou Renan Ribeiro e marcou um belo gol. O gol fez com que Rogério Ceni mexesse na equipe, abdicasse dos três zagueiros e apostasse em todos os atacantes disponíveis no banco de reservas, como Gilberto e até no jovem Léo Natel. Ainda houve tempo para que Rodrigo Caio e Emerson Sheik, que estreou na equipe de Campinas, se desentenderem. O atacante fez uma cá de gato sobre o zagueiro, que caiu no gramado sobre o braço, podendo se lesionar gravemente. Prontamente ele se levantou e ambos trocaram empurrões, com interferência de Renan Ribeiro e cartão amarelo aos três, seguidos de desculpas de ambos os lados. De gol mesmo, a partida não viveu mais. No pós jogo a repercussão de dois assuntos. A barragem pela Polícia Militar de 47 ônibus da torcida do São Paulo que iria a Campinas, com a alegação da PM de que eles estavam sem ingresso e a bilheteria estaria fechada no Moisés Lucarelli, fato que a própria diretoria da Ponte-Preta desmentiu. E ainda repercute a negociação de Maicossuel, do Atlético-MG, com o São Paulo em uma vinda definitiva, para o lugar de Luiz Araújo, negociado com o Lille, da França.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 1 x 0 SÃO PAULO

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)
Data: 4 de junho de 2017, domingo
Horário: 16 horas (Brasília)
Árbitro: Rodolpho Toski Marques – PR (FIFA)
Assistentes: Bruno Boschilia – PR (FIFA) e Victor Hugo Imazu dos Santos – PR (CBF)
Cartões amarelões: PONTE PRETA: Emerson Sheik, Wendel. SÃO PAULO: Maicon, Rodrigo Caio, Marcinho, Gilberto
Público: 5.711 pagantes (6.246 no total)
Renda: R$ 171.495,00

GOL:
PONTE PRETA: Lucca, aos 5 minutos do 2T

PONTE PRETA: Aranha; Jeferson (Emerson Sheik), Marllon, Rodrigo e João Lucas; Wendel (Fábio Braga), Nino Paraíba, Elton e Léo Artur; Lins (Jadson) e Lucca
Técnico: Gilson Kleina

SÃO PAULO: Renan Ribeiro; Lucão (Bruno), Maicon, Rodrigo Caio e Júnior Tavares; Jucilei e Cícero; Thomaz (Gilberto); Marcinho (Léo Natel), Luiz Araújo e Lucas Pratto
Técnico: Rogério Ceni

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply