#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » Botafogo segue fazendo história na Libertadores: Vitória sobre o Nacional

O Botafogo derrotou o Nacional, do Uruguai, por 1 a 0, em partida disputada na noite desta quarta-feira, no estádio Parque Central, na capital uruguaia, pelas oitavas de final do torneio. O único gol foi marcado pelo meia João Paulo, no primeiro tempo. Agora, o time carioca vai precisar de um empate no jogo da volta, no dia 10 de agosto, no Estádio Nilton Santos, para garantir a vaga para a próxima etapa da competição sul-americana.
Aos três minutos, Viudez fez ótima jogada pela direita e cruzou. Emerson Silva não conseguiu cortar e atrapalhou Gatito Fernández, mas Arnaldo chegou antes de Ramírez e aliviou o perigo. Logo depois, Viudez arriscou da intermediária e Gatito Fernández defendeu com segurança. Aos 11 minutos, Polenta cruzou e Silveira subiu mais do que Emerson Silva e cabeceou com perigo. Três minutos depois, o time da casa criou a sua melhor oportunidade para marcar. Após cruzamento na área, a zaga não cortou e Silveira completou. A bola passa pela pequena área e Romero falha ao tentar concluir quando estava livre. Fernéndez apanhou a sobra, mas seu chute foi bloqueado por Gatito Fernández que usou a perna direita para evitar o primeiro gol uruguaio. Aos 20 minutos, Rodrigo Pimpão recebeu na esquerda e lançou para a entrada de Bruno Silva, mas o volante, bem marcado não conseguiu concluir. Aos 22 minutos, Rodrigo Pimpão derrubou Fucile ao lado da área. Na cobrança de Viudez, Gatito aliviou de soco. O meia-atacante Viudez era o principal jogador da equipe da casa, conduzindo sua equipe para o ataque com velocidade e talento, dando muito trabalho aos zagueiros do time carioca. Os jogadores do Nacional se revoltaram quando, aos 28 minutos, após cruzamento na área, o lateral Victor Luiz usou as mãos para evitar que a bola o encobrisse. O árbitro não marcou o pênalti. O Botafogo marcou o primeiro gol, aos 37 minutos. Rodrigo Pimpão arrancou pela esquerda e fez lançamento perfeito para Bruno Silva que entrava livre pela direita. O volante bateu, a bola desviou na zaga e sobrou para João Paulo que, inteiramente livre, só teve o trabalho de desviar do goleiro uruguaio. Foi o primeiro gol de João Paulo com a camisa alvinegra. Na sequência, o Nacional desperdiçou uma chance incrível. Após lançamento na área, o zagueiro Emerson Silva falhou de forma grotesca e a bola sobrou para Fernandéz que tocou para Silveira, inteiramente livre na pequena área, mas o atacante, sem ter ninguém pela frente, mandou a bola por cima.
No segundo tempo, foi apenas aos 16 minutos que aconteceu o primeiro lance de perigo na segunda etapa quando Bruno Silva apanhou um rebote na entrada da área e chutou para uma defesa tranquila de Conde. Aos 25 minutos, os zagueiros uruguaios se confundiram e a bola sobrou para Roger que bateu cruzado e Conde fez boa defesa. Já advertido com o cartão amarelo, João Paulo deixou o campo para a entrada de Camilo. Logo depois foi a vez de Pimpão que foi substituído por Guilherme. Em campo, eles se defenderam bravamente para assegurar o triunfo do glorioso na Libertadores. A história continua sendo escrita.

FICHA TÉCNICA

NACIONAL-URU 0 X 1 BOTAFOGO-BRA

Local: Estádio Parque Central, em Montevidéu (Uruguai)
Data: 6 de julho de 2017 (Quinta-feira)
Horário: 21h45(de Brasília)
Árbitro: Julio Bascuñan (Chile)
Assistentes: Christian Schiemann (Chile) e Carlos Astroza (Chile)

Cartão Amarelo: Polenta, Fucile, Romero(Nac); João Paulo, Bruno Silva(Bota)
Gols:
BOTAFOGO: João Paulo, aos 37 minutos do primeiro tempo

NACIONAL: Conde, Fucile(Kevin Ramirez), Rafael García, Polenta e Espino; Santiago Romero, Felipe Carballo e Álvaro González;, Viudez(Martín Ligüera), Fernández e Silveira(Diego Coelho)
Técnico: Martín Lasarte

BOTAFOGO: Gatito Fernández, Arnaldo, Joel Carli, Emerson e Víctor Luís; Rodrigo Lindoso, Bruno Silva, Matheus Fernandes e João Paulo(Camilo) ; Rodrigo Pimpão(Guilherme) e Roger(Marcos Vinicius)
Técnico: Jair Ventura

Foto: MIGUEL ROJO/AFP

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply