#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » » » Luverdense é prejudicado por erro grave de bandeira e Internacional vence

O Internacional, com um gol polêmico, venceu o Luverdense aos 47 do segundo tempo, por 1 a 0, com o tento de William Pottker, nesta terça-feira. O Luverdense volta a campo na sexta-feira, às 20h30 (de Brasília), contra o Paraná, no Estádio Passo das Emas. No sábado, às 16h30 (de Brasília), o Internacional enfrenta o Vila Nova no Estádio Serra Dourada. As duas partidas são válidas pela 16ª rodada da Série B.
O Internacional aos dois minutos chegou a balançar as redes com Nico López, mas foi invalidado, pois o uruguaio estava impedido. Aos 6 minutos, Edenílson recebeu na meia lua da grande área, girou e chutou forte a gol. O goleiro Diogo Silva deu um toquinho na bola e mandou para escanteio. Em cobrança de falta de Diego, o lateral Cláudio Winck cabeceou para o meio da área e William Pottker tentou de carrinho, mas não alcançou a bola. Aos 18 minutos, sem pisar na área, o Luverdense chutou a gol de longe, primeiro com Moacir e depois com Sérgio Mota. Aos 20 minutos, após girar a bola, William Pottker recebeu dentro da área na direita e cruzou. O goleiro Diogo espalmou para o meio da área. O volante Gutiérrez apareceu para finalizar, mas foi atrapalhado pela zaga e o arqueiro do Luverdense defendeu. Após cruzamento de Diego, o atacante William Pottker ajeitou o corpo e pegou de primeira, mas a bola bateu na trave. Trinta segundos depois, o colorado recuperou a bola com Edenílson. O volante invadiu a área, mas no momento da finalização, chutou fraco e Diogo segurou firme. Em outra apertada do time gaúcho, Pottker tocou para Cláudio Winck que concluiu da entrada da área para mais uma defesa do goleiro Diogo. Em uma cobrança de falta, o jogador do Luverdense desviou para a entrada da área e Moacir chutou, a bola desviou na zaga colorada e saiu para escanteio. Na cobrança, a bola foi desviada no primeiro poste e ia sobrar para o Alfredo, mas Rodrigo Dourado apareceu para salvar. Aos 37 minutos, após a zaga cortar um lançamento, a bola sobrou para o zagueiro Victor Cuesta que dominou no peito e chutou forte com a perna esquerda. A bola passou à esquerda de ataque do Inter.
No segundo tempo, aos cinco minutos, Edenílson recebeu na entrada da área e finalizou com força, mas o goleiro Diogo Silva espalmou para escanteio. Na cobrança, o volante Rodrigo Dourado cabeceou sozinho na pequena área, mas a bola saiu pela esquerda de ataque do Internacional. Em um bom contra-ataque, o atacante uruguaio Nico López recebeu na entrada da área e chutou cruzado, mas a bola saiu para fora. Em outra chegada do colorado, cruzou, a bola passou por todos e sobrou na outra ponta para William Pottker que chutou, mas o goleiro Diogo agarrou a redonda com firmeza. Aos 31 minutos, o Internacional teve um ótimo contra-ataque. O meia D’Alessandro acionou o uruguaio Nico López que entrou na área e chutou rasteiro pro gol. O goleiro Diogo fez uma bela defesa e mandou para escanteio. Em cobrança de escanteio de D’Alessandro, o volante Rodrigo Dourado desviou na primeira trave para trás e Carlos cabeceou livre. A bola bateu na rede pelo lado de fora. O time colorado chegou a marcar mais um gol e mais uma vez de forma irregular. Em cobrança de falta de D’Alessandro, o lateral Cláudio Winck levemente impedido apareceu livre na área e balançou as redes, mas o auxiliar assinalou corretamente a posição de impedimento.
Aos 45 minutos, o Internacional perdeu duas chances absurdas de fazer o gol. Após D’Alessandro cobrar falta, Cláudio Winck apareceu para cabecear, mas Diogo Silva fez dois milagres. O Internacional fez um gol polêmico. O lance ocorreu quando D'Alessandro enfiou para Joanderson. Pottker estava impedido, mas saiu do lance. Só que o bandeira Márcio Eustáquio Santiago havia levantado a bandeira. O árbitro Igor Junior Benevenuto não apitou e mandou o lance seguir. Joanderson, sem impedimento, deu para Pottker marcar. O problema é que o goleiro Diogo Silva parou na jogada, crente do impedimento e tudo isso gerou inconformidade sem tamanho. Os jogadores do Luverdense, irritados, cercaram o árbitro. O jogo ficou parado por longos minutos. Houve muita confusão, o presidente do clube visitante chegou a invadir o gramado do Beira-Rio. Mas por fim, vitória dos locais.

FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 1 X 0 LUVERDENSE

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 18 de julho de 2017, terça-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Igor Junio Benevenuto (MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago e Celso Luiz da Silva (Ambos de MG)

Público: 10.393 (8.882)
Renda: R$ 188.643,00
GOL:  William Pottker, aos 46 minutos do segundo tempo (Internacional)

CARTÕES AMARELOS
Internacional: Cláudio Winck, William Pottker, Edenílson, D’Alessandro
Luverdense: William, Sérgio Mota, Moacir

INTERNACIONAL: Danilo Fernandes; Cláudio Winck, Danilo Silva, Victor Cuesta, Uendel; Edenílson, Rodrigo Dourado, Felipe Gutiérrez (D’Alessandro); Diego (Carlos), William Pottker e Nico López (Joanderson).
Técnico: Guto Ferreira

LUVERDENSE: Diego Silva; Aderlan, Pablo, William, Paulinho; Ricardo, Sérgio Mota (Marcos Aurélio), Moacir; Rafael Silva, Alfredo (Erick) e Douglas Baggio (Rafael Ratão).
Técnico: Júnior Rocha

Foto: Ricardo Duarte/SCI

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply