#futebolrc

    ...
... ... ... ... ...

Notícias

Rádios
Rádios
Rádios
Rádios
» » » Almanaque do JEC: Henrique Nicolini

O jornalista Henrique Nicolini morreu aos 91 anos em 14 de agosto de 2017, em derrocência de uma infecção pulmonar. Em 2016 foi declarado no Guinness Book Internacional como o jornalista com maior tempo de atividade profissional no mundo, com 71 anos de atividade ininterrupta.
Paulistano do bairro da Mooca, onde nasceu em 1926, professor e técnico de natação, modalidade pela qual foi apaixonado desde sua infância, acompanhou o surgimento dos clubes náuticos às margens do Rio Tietê a partir dos anos 40. Por conta disso, em 2001,  também tornou-se cronista esportivo, e publicou o livro "Tietê, o Rio do Esporte".
Como técnico e professor, trabalhou na Escola de Educação Física de São Paulo (atualmente USP), tendo dirigido a equipe santista nos Jogos Abertos de 1948.
 Seu elevado conhecimento no esporte o conduziu ao jornalismo, fazendo diversas coberturas esportivas para o jornal "A Gazeta Esportiva", entre elas os Pan-Americanos de 1951 e 1959 e as Olimpíadas de 1972, 1984, 1988 e 1992. Era o funcionário mais antigo da Fundação Casper Líbero, tendo começado como repórter em 1947, passando a editor chefe de esportes e editor dos esportes amadores em todas as modalidades, exceto futebol e turfe.
Foi condecorado com a Ordem Nacional do Mérito Esportivo, conferida pelo Presidente da República e com o diploma de "Uma Vida Pelo Esporte Ético?, pelo Comitê Internacional do Fair Play do COI.
Duas vezes presidente da Federação Paulista de Natação, Henrique Nicolini foi recentemente membro benemérito do COB e da CBDA, e mantinha um blog no portal gazetaesportiva.net.
Fonte do texto e da imagem: Site Terceiro Tempo

«
Next
Postagem mais recente
»
Previous
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Leave a Reply